Venha descobrir se o hamster sente frio

Publicado pela Equipe SERES | 10 julho 2022

#

Os hamsters são roedores de cuidados fáceis, que não exigem manejos complexos. Porém, conhecer suas particularidades e individualidades ajuda o tutor a oferecer o melhor para seu amigo. Por ser um animalzinho tão peludo, será que o hamster sente frio? Esta e outras curiosidades você descobrirá neste texto.

Hamster dentro de blusa de frio.

Quando se trata da temperatura do ambiente, esses seres fofos podem ser tão sensíveis quanto nós. Embora o Brasil seja um país conhecido pelo calor, algumas regiões, especialmente as do sul, atingem temperaturas baixas. Dessa forma, a sensação de frio varia de local para local e esses amiguinhos podem sim sentirem frio

Além disso, algumas espécies de hamster são oriundas de regiões de frio rigoroso, já outras, de temperaturas amenas. Assim, a tolerância ao frio também é variável em relação ao indivíduo. Por isso, é importante se informar sobre as características da espécie do seu pet de estimação.

De maneira geral, podemos dizer que o hamster sente frio sempre que nós também sentimos. Em situações de frio mais extremo, o dentuço pode, inclusive, entrar em estado de hibernação. Sendo assim, quando as temperaturas baixam, devemos tomar medidas para aquecer o pet.

O que é hibernação?

A hibernação é um estado de adaptação, cujo objetivo é poupar a energia do hamster no inverno. É uma maneira de o animal sobreviver diminuindo seu o metabolismo, entrando em um estado de dormência profunda devido a temperaturas baixas e escassez de alimento.

Quando se trata do hamster sírio, ele pode entrar em hibernação em temperaturas abaixo de 15 °C. Já outra espécie bastante comercializada no Brasil, o hamster anão russo, faz isso somente em temperaturas próximas a 0 °C.

Como evitar a hibernação?

Para evitar que o peludo entre em estado de hibernação, é importante reconhecer o hamster com frio e saber como aquecê-lo. Outra medida importante é oferecer alimentação de qualidade durante todas as estações do ano para que ele tenha saúde e energia para enfrentar o frio sem problemas.

Em geral, quando o hamster sente frio, apresenta orelhas e patas frias, respiração lenta, tremedeira no corpo, menos energia e mais estresse. Se observar essas alterações, será necessário tomar medidas para esquentar o roedor, como você verá a seguir.

Hamster dentro da bolinha.

Como aquecer o hamster

Ao perceber que a temperatura está mais baixa, as medidas para manter o roedor quentinho já podem ser providenciadas. Se notar sinais de frio, o aquecimento deve começar imediatamente. A seguir, temos algumas dicas de como aquecer o hamster no inverno:

  • não deixe a gaiola do lado de fora. Coloque-a em um ambiente seguro e sem corrente de vento;
  • coloque papel higiênico ou papel-toalha no chão da gaiola. O hamster irá picotar e fazer sua própria cama para se manter aquecido. Também pode ser utilizado serragem de boa procedência na gaiola, o que ajuda a aquecer;
  • invista em uma toca para proteger o dentuço de correntes de ar mais intensas. Você pode utilizar tocas comerciais de variados tipos ou improvisadas com potes de plástico rígido, madeira ou até mesmo rolo de papel higiênico;
  • aumente a quantidade de comida para o animal ter mais energia e vitalidade
  • cubra a gaiola com uma lona ou tecido, mas cuidado para que o hamster não a roa e nem ingira pedaços do pano. Deixe uma parte aberta para circulação de ar;
  • mantenha atividades físicas. Estimule o roedor a brincar na roda de exercícios e outros brinquedos;
  • se houver sol, coloque a gaiola próximo aos raios solares para aquecer o pet, sempre de forma segura e longe de correntes de vento. Não esqueça de manter uma área de sombra, para o animal ficar caso sinta calor.

Meu hamster hibernou, e agora?

Se mesmo sabendo como cuidar do hamster no frio ele hibernou, não se desespere! Com algumas orientações, é possível acordá-lo. Primeiro, ao notar o hamster gelado, com a respiração muito lenta, tente aquecê-lo com as mãos ou com um pano. Aguarde, pois esse procedimento pode levar algumas horas.

Após o animal despertar, é importante procurar ajuda do médico-veterinário, pois é comum o hamster estar desidratado e/ou desnutrido após a hibernação. Seguindo as dicas aqui citadas e as orientações médicas, e estando atento aos sinais quando o hamster sente frio, dificilmente ele irá hibernar novamente.

O que não fazer para aquecer o hamster

Se você é um apaixonado por esse roedor, já deve ter visto roupa de frio para hamster. Ainda que o dentuço fique muito lindo com essas roupinhas, é bom evitá-las. O hamster pode roer e engolir pedaços do tecido, se sujar e ter seus movimentos limitados, o que o deixará estressado.

Aquecedores e bolsa de água quente devem ser usados com cautela para aquecer, pois é muito comum o animal se queimar com esses materiais. Nunca deixe o aquecedor voltado diretamente para o animal. A bolsa de água quente deve estar envolvida por um pano grosso e próximo à gaiola, não dentro. Monitore sempre a temperatura!

Hamster na grama cheirando flor.

É possível oferecer conforto térmico ao hamster no período de frio, evitando com que ele sofra com as baixas temperaturas e entre no estado de hibernação. Seguindo as orientações do médico-veterinário, boa alimentação e dicas deste texto, o dentuço se manterá seguro. Conte com nossa equipe para mais instruções!

Aqui você encontra artigos incríveis sobre saúde e cuidados que podem ajudar a melhorar o bem-estar de seu bichinho de estimação, seja qual for a espécie do pet. Afinal de contas, o nosso instinto é cuidar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Ver todas notícias
Saiba o que pode deixar seu porquinho-da-índia estressado

Saiba o que pode deixar seu porquinho-da-índia estressado

#roedores
25 novembro 2022

O porquinho-da-índia é um animal dócil, tímido e carinhoso. Essas características fazem dele um ótimo pet, especialmente para quem não […]

Continuar lendo
Alimentação do porquinho-da-índia: a dieta apropriada

Alimentação do porquinho-da-índia: a dieta apropriada

#roedores
21 outubro 2022

Muitos roedores tornaram-se pets bastante queridos pelos brasileiros. Entre eles, o porquinho-da-índia merece destaque: fofo, brincalhão, muito ativo e um […]

Continuar lendo
Se tiver dor, o hamster pode tomar dipirona?

Se tiver dor, o hamster pode tomar dipirona?

#roedores
26 setembro 2022

Hamsters são animais práticos e fáceis de cuidar, porém, quando apresentam sinais de doença, devemos socorrê-los prontamente. Remédios comuns na […]

Continuar lendo
Hamster doente: como saber se há algo errado com meu pet?

Hamster doente: como saber se há algo errado com meu pet?

#roedores
23 setembro 2022

É difícil resistir a um animal tão carismático e fofo como o hamster. Apesar de ser brincalhão, esse animal tem […]

Continuar lendo
Doença em coelho: como prevenir ou identificar

Doença em coelho: como prevenir ou identificar

#roedores
22 setembro 2022

Assim como humanos, os animais podem ficar doentes por motivos genéticos, manejo inadequado ou idade avançada. Então, a doença em […]

Continuar lendo
Será que coelho espirrando é motivo de preocupação?

Será que coelho espirrando é motivo de preocupação?

#roedores
11 agosto 2022

Coelhos são fofinhos e estão entre os animais de estimação preferidos dos brasileiros, junto aos cães e aos gatos. Precisam […]

Continuar lendo
Veja algumas dicas de como cuidar de um hamster

Veja algumas dicas de como cuidar de um hamster

#roedores
11 julho 2022

Ter um hamster como pet tornou-se comum, afinal, esse pequeno mamífero é engraçado e adora brincar. Por isso, é importante […]

Continuar lendo
Coelhos têm febre? Aprenda a identificar o coelho com febre

Coelhos têm febre? Aprenda a identificar o coelho com febre

#roedores
24 maio 2022

Assim como outros mamíferos, é possível que seu coelho com febre seja uma resposta a uma infecção. No entanto, não […]

Continuar lendo
O rato twister transmite doença para o ser humano?

O rato twister transmite doença para o ser humano?

#roedores
20 maio 2022

Ter um rato em casa é diversão garantida, afinal, trata-se de um pet que interage bastante com seu tutor, além […]

Continuar lendo

Assine nossa newsletter e receba novidades.