Doenças cardíacas em cães: saiba como identificar

Publicado pela Equipe SERES | 10 julho 2022

#

Assim como nos seres humanos, as doenças cardíacas em cães também são patologias frequentes, geralmente associadas à idade mais avançada. Com o avanço da medicina veterinária e o aumento da expectativa de vida dos animais, muitas doenças desconhecidas no passado agora são diagnosticadas e tratadas.

Cachorro deitado no chão.

Esse avanço da medicina veterinária inclui profissionais especializados na área de cardiologia, exames de coração específicos e medicamentos, proporcionando maior precisão diagnóstica e tratamento adequado ao cachorro com problema cardíaco. A seguir, conheça um pouco mais sobre essas doenças.

Cardiopatias: o que são?

“Cardiopatia” é o nome generalizado que agrupa as doenças que acometem o coração. O coração é o órgão responsável por bombear o sangue para todo o corpo do animal.

O sangue bombeado leva oxigênio e nutrientes para cada célula do organismo e também elimina substâncias tóxicas, como gás carbônico e radicais livres, garantindo o funcionamento adequado do corpo.

As doenças cardíacas em cães comprometem o bombeamento do sangue, podendo acometer o próprio músculo do coração (miocárdio) e/ou as válvulas cardíacas que, por meio de um sistema interno, não permitem que o sangue rico em oxigênio se misture com o sangue que contém o gás carbônico.

Principais cardiopatias em cães

As principais doenças cardíacas em cães ocorrem em animais de meia-idade ou idosos, mas também podem acontecer em filhotes. Geralmente, quando um animal nasce com doença no coração, a causa é uma malformação congênita. O animal pode apresentar sintoma ou não de acordo com a gravidade do problema.

Nos animais adultos, as doenças cardíacas em cães são divididas de acordo com o porte do animal. Nesses casos, a doença pode ter caráter genético (herdada dos pais) ou ter sido adquirida ao longo da vida. Vamos falar das doenças mais comuns a seguir.

Doença valvar degenerativa

No caso dos animais de pequeno porte, a doença cardíaca mais comum é a doença valvar degenerativa. As valvas (válvulas) são estruturas que funcionam como uma “porta” que abre e fecha, permitindo que o sangue siga um fluxo no sentido adequado.

Quando se degeneram as válvulas ficam mais espessas, têm o fechamento comprometido, e o sangue que deveria passar para outro compartimento do coração acaba regurgitando à câmara anterior, no caso, o átrio.

Cardiomiopatia dilatada

Essa cardiopatia é mais comumente observada em cães de grande porte. O miocárdio (músculo do coração) aumenta de tamanho a um ponto que suas paredes  ficam muito finas. O coração passa a não ter força suficiente para bombear o sangue para todo o corpo.

Cachorro deitado no chão.

Como identificar a doença no coração?

As doenças cardíacas em cães acabam prejudicando todo o funcionamento do corpo, pois uma vez que o sangue rico em oxigênio e nutrientes não atinge todo o corpo ou as substâncias tóxicas não são eliminadas, o organismo não trabalha adequadamente.

O problema cardíaco em cães se inicia de uma forma muito sutil. No início, o coração tenta se adaptar à alteração presente, seja bombeando sangue com mais força, seja aumentando a frequência dos batimentos cardíacos.

Devido a isso, muitas vezes, quando o responsável do animal, nota que algo está diferente com o seu pet, a doença está um pouco mais avançada. Por esse motivo, vamos listar alguns sinais de problemas cardíacos em cães que te ajudarão a reconhecer se seu pet pode ter alguma doença cardiovascular:

  • intolerância ao exercício ou cansaço: o animal não tem disposição para passear, correr ou brincar como de costume. Algumas vezes, o responsável pode confundir essa indisposição com o fator da idade, quando os animais tendem a ficar mais sedentários;
  • cianose: é quando a língua ou mucosas (em especial a gengiva) ficam com a cor arroxeada devido à falta de oxigênio na região. Essa condição geralmente acontece quando o animal faz algum tipo de esforço ou fica estressado, mas também pode acontecer em repouso nos casos mais graves;
  • tosse: com o aumento do tamanho do coração, a traqueia, órgão pelo qual o ar passa para chegar aos pulmões, pode estar comprimida, ocasionando tosse. Também em casos mais severos, o edema pulmonar pode estar presente, gerando o mesmo sintoma;
  • dificuldade respiratória: mais uma vez, o edema pulmonar dificulta a troca gasosa e a expansão do pulmão. Além disso, o coração tem dificuldade em bombear sangue para todo o corpo, portanto, o animal aumenta sua frequência respiratória, aparentando estar ofegante;
  • ascite: é uma condição onde há acúmulo de líquido no abdômen. O tutor observa um aumento da região abdominal. O animal aparenta estar com a barriga muito grande. O líquido presente também dificulta a expansão do pulmão, prejudicando a respiração;
  • edema de membros: não é comum, mas em estágios avançados, pode ocorrer  de o animal ter edema das patas. Como a circulação e o retorno do sangue ao coração estão prejudicados, acabam acumulando líquido no tecido subcutâneo;
  • desmaios: a ineficácia do bombeamento do sangue ao cérebro pode ocasionar desmaios devido a má-oxigenação. Esses desmaios podem ser repentinos e o animal voltar a consciência após o episódio;
  • aumento da ingestão de água. Tomar muita água não é necessariamente saudável e o cãozinho cardiopata toma mais água para compensar a diferença de volume e pressão que estão alterados pela hemodinâmica comprometida.

Diagnóstico e tratamento

Se você observou algum dos sintomas e acredita que pode estar diante de uma das doenças cardíacas em cães, é importante consultar o  médico-veterinário o mais breve possível. Ele fará o exame clínico geral, incluindo a auscultação do coração, que possibilita identificar o cachorro com problema no coração.

Além disso, exames como radiografia de tórax, eletro e ecocardiograma podem ser solicitados para concluir o diagnóstico e, então, instituir o melhor tratamento, que é feito com medicações e mudança de alguns hábitos alimentares, de passeio e exercícios físicos.

Cachorro deitado no chão.

Fazer um check-up regularmente garante que as doenças cardíacas em cães sejam diagnosticadas precocemente. Isso assegura mais qualidade e sobrevida ao seu pet. Nosso time de especialistas está te esperando para tirar todas suas dúvidas!

Aqui você encontra artigos incríveis sobre saúde e cuidados que podem ajudar a melhorar o bem-estar de seu bichinho de estimação, seja qual for a espécie do pet. Afinal de contas, o nosso instinto é cuidar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Ver todas notícias
Saiba mais sobre cachorro tossindo como se estivesse engasgado

Saiba mais sobre cachorro tossindo como se estivesse engasgado

#cachorro
03 fevereiro 2023

A maioria dos tutores observa o cachorro tossindo como se estivesse engasgado, mas nem sempre o engasgo é motivo da […]

Continuar lendo
Notou cachorro lambendo muito a barriga? Descubra o porquê!

Notou cachorro lambendo muito a barriga? Descubra o porquê!

#cachorro
31 janeiro 2023

O hábito que o pet tem de se lamber um pouco pode parecer normal, mas o cachorro lambendo muito a […]

Continuar lendo
Cachorro estrábico: conheça o mundo dos pets vesgos

Cachorro estrábico: conheça o mundo dos pets vesgos

#cachorro
31 janeiro 2023

Aquele olhar apaixonante que os pets têm seduz a todos. Porém, há peludinhos que têm o olhar um pouco alterado, […]

Continuar lendo
Machucado na orelha do cachorro é preocupante? Conheça as causas

Machucado na orelha do cachorro é preocupante? Conheça as causas

#cachorro
30 janeiro 2023

Quando temos um animal de estimação, queremos que ele seja saudável e feliz. Por isso, pais e mães de pet […]

Continuar lendo
Os principais motivos que deixam o cachorro cansado

Os principais motivos que deixam o cachorro cansado

#cachorro
27 janeiro 2023

Os motivos mais variados podem deixar o cachorro cansado, e nem todos devem nos preocupar. Após os passeios, brincadeiras e […]

Continuar lendo
Posso oferecer alimentação crua para cães? Tire suas dúvidas

Posso oferecer alimentação crua para cães? Tire suas dúvidas

#cachorro
04 janeiro 2023

Ao longo dos tempos, a alimentação para cães tem tido mudanças. Hoje em dia, temos diversas opções de rações comerciais […]

Continuar lendo
Cachorro com náusea: sinal preocupante ou somente um mal-estar?

Cachorro com náusea: sinal preocupante ou somente um mal-estar?

#cachorro
29 dezembro 2022

Quando o cachorro fica enjoado, com mal-estar, geralmente acaba vomitando. Em outros casos, só fica sem apetite e indisposto. Diversos […]

Continuar lendo
Notou que o cachorro não bebe água? Saiba como estimulá-lo

Notou que o cachorro não bebe água? Saiba como estimulá-lo

#cachorro
26 dezembro 2022

Para os pets terem uma vida saudável, além de todos os cuidados necessários, a ingestão de água é muito importante […]

Continuar lendo
Cachorro pode cruzar com irmão? Descubra já

Cachorro pode cruzar com irmão? Descubra já

#cachorro
23 dezembro 2022

É comum que pais e mães de pets que possuem animais da mesma ninhada queiram aumentar a família animal. Assim, […]

Continuar lendo

Assine nossa newsletter e receba novidades.