Cachorro com olho vermelho é sinal de alerta, e o tutor precisa estar atento. Há várias doenças que podem causar esse sinal clínico, e boa parte delas faz com que o peludo sinta dor ou desconforto. Saiba mais sobre o problema e o que fazer caso o seu pet seja acometido!

Cachorro com olho vermelho: será que é grave?

A primeira coisa que você precisa saber é que qualquer alteração que você notar em seu pet merece atenção. Muitas vezes, sinais clínicos que aparentemente são simples, como o olho vermelho em cachorro, por exemplo, podem indicar o início de uma doença mais grave.

Assim como acontece com as pessoas, seja qual for o problema de saúde que o animal tenha, quanto antes ele for tratado, maiores serão as chances de cura e mais rápida será a recuperação. Portanto, os olhos persistentemente vermelhos devem ser considerados urgências oftalmológicas.

Cachorro preto com manchinhas marrons

Além disso, é comum que o animal apresente outros sinais clínicos além da vermelhidão ocular. Dentre eles:

  • Prurido ocular;
  • Secreção nos olhos;
  • Aumento de volume do globo ocular;
  • Lacrimejamento acima do comum;
  • Olhos fechados e relutância em abri-los;
  • Desorientação espacial,
  • Secreção nasal, entre outros.

Todos esses problemas podem acometer animais de qualquer idade, sexo ou raça. Contudo, cães das raças Shar-Pei, Bulldog, Rottweiler e Chow Chow costumam apresentar problemas oculares com mais frequência, principalmente quando jovens.

O que pode deixar o cachorro com olho vermelho?

A vermelhidão pode ser causada por doenças oculares, mas também pode ser um sinal clínico de uma doença sistêmica. Entre os problemas de saúde que deixam o cachorro com os olhos vermelhos podemos citar:

  • Ceratite (inflamação da córnea);
  • Ceratoconjuntivite seca (déficit na produção ou na qualidade da lágrima);
  • Glaucoma (aumento da pressão do olho);
  • Catarata;
  • Lesão causada por trauma e consequente hemorragia;
  • Úlcera de córnea (lesão na camada mais superficial do olho),
  • Prolapso da terceira pálpebra.

Conheça os problemas oculares mais comuns

Como você já notou, há várias doenças que podem deixar o cachorro com olho vermelho. Quem vai poder diagnosticar o que está acontecendo e prescrever o melhor tratamento é o médico-veterinário.

Cachorro preto olhando para o lado esquerdo

Vamos falar um pouquinho de algumas dessas doenças que podem causar vermelhidão ocular:

  • Uveíte: a inflamação da íris do animal, que pode ser consequência da presença de vírus ou bactérias e pode atingir a retina e o nervo óptico. O olho do cachorro vermelho é um dos principais sinais observados pelo tutor nesses casos;
  • Blefarite: nessa doença, a inflação acontece na pálpebra e pode ter várias causas, desde uma infecção bacteriana até um processo alérgico. No geral, o tutor nota o cachorro com olho inchado e vermelho;
  • Úlcera da Córnea: causa bastante dor e nem sempre pode ser vista a olho nu. É preciso fazer um exame usando um colírio apropriado para confirmar o diagnóstico;
  • Conjuntivite: é um problema de saúde muito comum em animais filhotes, embora possa acometer também adultos. Pode ser causada por infecção, irritação ou alergia;
  • Ceratoconjuntivite seca: trata-se de uma alteração na produção lacrimal. É uma doença que acomete com mais frequência animais idosos. Além do cachorro com olho vermelho, o tutor vai notar um aumento de secreção ocular e relutância em abrir os olhos. A doença causa desconforto e requer cuidados diários por toda a vida.

Por fim, é possível observar o cachorro com olho vermelho em doenças sistêmicas e graves, como cinomose, linfoma, doença do carrapato, diabetes, entre outras.

Como é feito o diagnóstico e o tratamento?

Os procedimentos adotados pelo médico-veterinário podem variar muito. Isso acontece porque as causas de cachorro com olho vermelho são muito variadas. Assim, após o exame clínico, o profissional poderá adotar diferentes condutas.

Se a suspeita for a de úlcera de córnea, por exemplo, ele vai pingar um colírio especial que permite corar a lesão ocular para que ela seja observada e diagnosticada.

Nos casos de suspeita clínica de ceratite seca, o profissional poderá fazer um teste para aferir a produção de lágrimas do cão.

Já quando a hipótese for de uma doença sistêmica, exames laboratoriais, como leucograma e hemograma, podem ser necessários. Apenas depois do diagnóstico o profissional poderá prescrever o melhor tratamento.

Cachorro com pelagem branca e marrom olhando para o lado

Algumas doenças são tratadas com colírio para cachorro com olhos vermelhos, enquanto outras exigem um tratamento sistêmico e intensivo.

Para evitar que o seu animal de estimação sofra e que a doença evolua, sempre que notar qualquer alteração, agende uma consulta. Cuide bem de quem te faz companhia e enche a sua vida de amor!

Dentre as doenças oftalmológicas citadas está a úlcera de córnea em cães. Saiba mais sobre ela em nosso artigo!