Você sabia que existem dois tipos de verrugas em cachorro? Uma delas é viral e é mais comum em animais jovens. A outra pode ser chamada também de adenoma sebáceo e é mais frequente em animais velhos. Conheça cada uma delas e os cuidados necessários.

verrugas em cachorro

Verrugas em cachorro jovem

Os papilomas são popularmente conhecidos como verrugas em cachorro. Contudo, eles são lesões causadas por um Papilomavírus. No geral, eles se desenvolvem principalmente nas seguintes regiões:

  • Lábios;
  • Faringe,
  • Língua.

Algumas vezes, podem ser vistos no nariz e nas pálpebras. No geral, esses papilomas são lisos, esbranquiçados e podem apresentar o aspecto de couve-flor. Com o passar do tempo, o tutor nota a mudança de cor e encontra a verruga preta em cachorro.

Embora essa doença seja transmitida por contato direto entre animal infectado e sadio, nem todos os cães desenvolvem os papilomas. Além disso, o tutor pode ficar tranquilo, pois pessoas não são acometidas!

Na maioria das vezes, essas verrugas em cachorro filhote ou jovens regridem espontaneamente em, no máximo, cinco meses. Nesses casos, não é preciso usar nenhum remédio para verruga em cachorro

Contudo, quando o animal é muito acometido, a ponto de prejudicar sua alimentação ou desenvolvimento, o tratamento se faz necessário. Alguns casos se tornam tão delicados que os papilomas chegam a obstruir a faringe do animal.

Tratamento

Muitas vezes, o tutor procura o médico-veterinário e quer logo saber como acabar com verrugas em cachorro. Para definir o melhor protocolo, o profissional precisará examinar o animal. Nesse momento, ele verificará se as verrugas em cachorro estão prejudicando a nutrição do pet ou causando transtornos mais graves.

Caso o animal esteja bem, com sinais vitais bons e com um baixo número de papilomas, provavelmente o protocolo escolhido será acompanhar o pet e esperar que as verrugas sumam.

No entanto, em casos graves, quando o número de verrugas em cachorro for grande, será necessária a administração de medicamento para o cachorro com verruga.

O mesmo acontece quando, por questões estéticas, é preciso eliminar as verrugas mais rapidamente. Além disso, há também situações nas quais o papiloma se desenvolve na pálpebra e acaba prejudicando o olho do animal.

Nesses casos, o tratamento poderá variar. Com isso, o médico-veterinário provavelmente vai considerar a remoção cirúrgica dos papilomas, além da administração de autovacina ou ded medicamentos antivirais.

cachorro idoso

Verrugas de cães idosos

As verrugas em cachorros velhos podem aparecer em qualquer parte do corpo. No entanto, é mais comum em dedos, patas e abdômen. Diferentemente da complicação de cães jovens, essa não é causada por um vírus. Trata-se de um adenoma sebáceo, originado das glândulas sebáceas ou dos ductos.

É possível encontrar apenas um adenoma na pele do animal ou vários. Na maioria das vezes, eles são identificados em animais com mais de 10 anos. Embora qualquer raça possa desenvolvê-los, eles são comumente encontrados em:

  • Poodle;
  • Cocker,
  • Schnauzer.

Qual o problema e o risco dessas verrugas em cachorros idosos?

Na maioria das vezes, o cachorrinho idoso pode conviver com essas verrugas sem maiores problemas. No entanto, dependendo do local onde ela está, é possível que, frequentemente, a verruga seja ulcerada.

Na pele ferida pode ocorrer a infecção bacteriana secundária, causando coceira e aumentando a lesão. Sem contar que o sangramento pode atrair moscas e causar incômodo ao cachorrinho idoso.

Tratamento

No geral, o médico-veterinário examina o animal e pede que o tutor fique atento a qualquer ferimento. No entanto, se as verrugas em cachorro já estiverem sangrando ou inflamadas, será preciso realizar o tratamento imediato.

Em muitos casos, a melhor escolha é a remoção cirúrgica. Mas, se o paciente não tiver condições anestésicas, a limpeza da ferida e o tratamento tópico pode ser o protocolo escolhido.

Vale lembrar que os animais podem ter diversos problemas ligados à pele, como, por exemplo, tumores. Por isso, caso note qualquer alteração, é preciso levar o pet ao médico-veterinário, para que seja feita uma avaliação completa. Afinal, se não forem verrugas em cachorro e, sim, câncer, o tratamento deve ser rápido!

verrugas em cachorro

O seu cachorro precisará ser submetido a um procedimento cirúrgico? Veja os cuidados necessários!