Para entender quanto tempo dura o cio do gato, vamos fazer uma incursão pelos ciclos estrais desses felinos? Gatas não castradas vão apresentar um ciclo de cio considerado normal, entre 4 e 7 dias. No entanto, existem individualidades com cios de dois dias, outras de até três semanas!

Gato preto sentando na grama.

Por serem consideradas fêmeas poliéstricas (“poli” = “muitos”; “estros” = “cios”), esperamos que elas entrem em cio várias vezes no decorrer do ano, até acasalar. Vamos explorar a seguir algumas particularidades. Vem com a gente!

Quando uma gata apresenta seu primeiro cio?

O primeiro momento do gato no cio ocorre na puberdade, ou seja, na maturidade sexual, e isso acontece perto dos seis meses de idade, contudo, está também atrelado à época do ano. 

O cio de gato possui várias fases, e o ciclo estral ou estro é onde a fêmea fica sexualmente receptiva, e está atrelado a fatores geográficos e ambientais, especialmente à temperatura e à luminosidade. Nas regiões tropicais e se os peludinhos ficam dentro de casa, o cio pode ocorrer o ano todo.

Como saber se minha gata está no cio?

Gatas não costumam sangrar durante o cio. Então, o que vai mostrar esse momento da vida delas está no comportamento de gato, que chega a se alterar, ficando “grudentas” de tão carinhosas.

Assim, querem atenção constante, rolam no chão, se esfregam muito mais nos tutores e nos móveis. Esses podem ser sinais de um gato querendo cruzar e, se durante o carinho na região das costas elas levantarem o quadril para o ar e vocalizarem, não se preocupe, isso pode muito bem ser o cio.

Existem gatas que demarcam objetos da casa com urina, cheia de hormônios para avisar outros gatos inteiros sobre sua receptividade. Isso pode fazer com que gatos da vizinhança ou de rua se aproximem.

Fases do ciclo estral em gatas

Existem cinco fases do cio nas gatas, que podem começar entre 6 e 9 meses de idade, sendo que as raças de pelo curto iniciam mais cedo, com 4 meses, e as de pelo longo podem demorar até 18 meses. 

No proestro, a gata pode até atrair machos inteiros, mas não fica receptiva ao acasalamento. Quanto tempo dura o cio do gato? Essa fase dura de 1 a 2 dias e, nesse momento, não existem muitos sinais de que a gata está começando o cio.

Na fase do estro, ou cio, que dura uma semana, a gata atrai os machos e fica receptiva a acasalar. Ela vai mostrar aqueles sinais escritos anteriormente, de vocalização, esfregação e elevação do quadril. Algumas fêmeas comem menos nesse momento. 

Nos felinos, é o acasalamento que induz a ovulação e, para que fiquem prenhes, as gatas costumam acasalar de 4 a 6 vezes durante o estro. Não estranhe se elas cruzarem com machos diferentes. No nascimento, teremos gatinhos com pais diferentes.

A fase de diestro acontece quando a gata emprenha; ela tem altas taxas do hormônio progesterona, que faz os ovócitos desenvolverem para embriões. Eles são implantados no útero 13 dias após o acasalamento. 

Se a gatinha não acasalar nem ficar prenhe durante o cio, entra no interestro. É um momento entre os cios, onde ela não mostra sinais específicos. Quanto tempo dura o cio do gato? Essa fase dura de dois dias até três semanas, ela está pronta para outro cio.

O anestro é um período de inexistência reprodutiva, praticamente não existe nos países tropicais. Já no hemisfério norte, nos gatos selvagens, os cios tendem a ocorrer da primavera ao outono.

Gato branco deitado.

E como evitar o cio nas gatas?

Agora que você sabe quanto tempo dura o cio do gato e quais os sinais ela apresenta, você pode querer interromper esse ciclo. Mas será que castrar uma gatinha é interessante? Quais as vantagens?

Antes de tudo, a resposta aos hormônios pode deixar a gata ansiosa para encontrar um companheiro e emprenhar. Suas vocalizações podem soar como agonia e ela pode até tentar escapar de sua casa para ir atrás de um gato.

Ainda temos a problemática de ser muito jovem, a depender de quanto tempo dura o cio do gato, ela estar ainda desenvolvendo seu corpo e haver complicações durante a prenhez, tanto para a mãe quanto para os filhotes.

Conforme explicamos, sempre que a gata não ficar prenhe, ela vai dar uma pequena pausa e reiniciar o ciclo, sempre com alteração comportamental que, em alguns casos, pode ser estressar a gatinha, levando à perda de peso, excesso de lambedura ou até problemas comportamentais.

Existe um mito comum de que as gatas serão mais amigáveis ​​e sociáveis ​​se puderem ter uma ninhada de gatinhos. Mas isso não se mostrou verdadeiro e acabou servindo só para aumentar o já grave problema da superpopulação de gatos de rua.

Gato deitado olhando para cima.

O médico-veterinário é a pessoa ideal para você conversar sobre castração e cio, tirar todas as suas dúvidas e ter a certeza de realizar o melhor para sua bichana, visando uma vida plena e saudável, em companhia de outros gatos e em harmonia com os humanos. A Seres te entende, vem conhecer nossa equipe!