Como tratar piolho de gato? Veja dicas do que fazer

Publicado pela Equipe SERES | 10 julho 2022

#

O piolho de gato causa muita coceira no bichano e pode se tornar um verdadeiro transtorno na rotina do pet. Por isso, se você encontrar esse parasita em seu bichinho, precisa cuidar dele o quanto antes. Veja como é feito o tratamento e os problemas que esse inseto pode causar. 

piolho de gato

O que é o piolho de gato?

Tudo está bem e, na hora de fazer um carinho nos pets, o tutor encontra lêndeas em gatos. O bichano está com piolho, ou seja, com insetos que parasitam essa espécie e causam o que é chamado de pediculose. Eles podem ser sugadores ou mastigadores.

Os sugadores se alimentam de sangue, enquanto os mastigadores ingerem restos das células da pele. Ambos se proliferam rapidamente e até podem cair no ambiente, mas não conseguem sobreviver por muito tempo.

A transmissão acontece de animal para animal, ou seja, quando um gato pega piolho  e, depois disso, interage com os outros bichanos da casa. Nessa interação, o inseto vai de um para outro. Também é possível que a transmissão seja feita por objetos como, por exemplo: 

  • Escovas;
  • Pentes;
  • Cama;
  • Travesseiros;
  • Cobertor, entre outros.

É mais comum que o piolho de gato seja encontrado em animais errantes, em abrigos com grande densidade populacional ou em ambientes sujos. Entretanto, qualquer bichano pode ser acometido. 

Sinais clínicos 

Como descobrir se o bichano está com piolho? Na verdade, isso é relativamente simples. O tutor consegue encontrar o inseto no pelo e na pele dos bichinhos sem dificuldade. No entanto, também é possível perceber os seguintes sinais clínicos:

  • Prurido intenso;
  • Perda da pelagem;
  • Escoriações cutâneas; 
  • Mudança de comportamento;
  • Vermelhidão na pele, em alguns casos, decorrente da alergia desencadeada;
  • Emagrecimento.

piolho de gato

Além disso, quando o piolho em gatos está presente, há chance de ele ter dermatite secundária, como, por exemplo, a causada por bactérias. Quando isso acontece, a queda de pelo pode se intensificar, e o tutor poderá notar pontos de alopecia. 

Por outro lado, também há casos nos quais os animais estão parasitados, mas não desenvolvem outros sinais clínicos. Por isso, é bom que o tutor faça uma boa inspeção na pelagem do pet sempre que for acariciá-lo. 

Tratamento 

E agora, como cuidar de piolho em gatos? Se você notar que o seu bichinho está parasitado, é preciso levá-lo ao médico-veterinário. O profissional vai avaliar as condições dele e se há ou não infecção bacteriana secundária.   

Além disso, é provável que ele solicite um hemograma para saber se o pet não está desnutrido. Quando a infestação é grande e o piolho de gato é sugador, há risco de o gatinho ficar anêmico. 

Com esse exame de sangue, o profissional poderá avaliar isso e, posteriormente, irá determinar como matar piolho de gato da melhor maneira. E as opções são variadas.

Principais remédios

No geral, o remédio para piolho de gato de escolha é o pour on (aplicado na nuca). Há várias alternativas que ajudam a eliminar o inseto do bichinho. Eles podem ser administrados mensalmente para evitar reinfestação. 

Há também medicações em spray, que podem ser indicadas tanto para borrifar no bichinho como para passar na caminha. Se o pet apresentar uma infecção bacteriana secundária, a administração de antibiótico pode ser adotada. 

Por fim, muitas vezes a suplementação nutricional, por meio da administração de polivitamínicos também é prescrita pelo médico-veterinário. Essa suplementação auxilia, inclusive, na recuperação da pele lesionada e no crescimento da pelagem. 

Há ainda casos nos quais o bichinho se coça tanto por causa do piolho de gato, que acaba se ferindo. Quando isso acontece, um creme cicatrizante pode ser usado no local. 

piolho de gato

Por isso, o melhor mesmo é evitar que o felino fique parasitado. Para isso, mantenha o local higienizado e impeça que ele tenha acesso à rua, para evitar contato com animais que estejam com piolho de gatos. 

Preparado para proteger o seu pet? Então navegue em nosso blog e veja outras doenças que podem ser evitadas! 

Aqui você encontra artigos incríveis sobre saúde e cuidados que podem ajudar a melhorar o bem-estar de seu bichinho de estimação, seja qual for a espécie do pet. Afinal de contas, o nosso instinto é cuidar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Ver todas notícias
Tem um gato ansioso? Confira aqui o que fazer para ajudá-lo!

Tem um gato ansioso? Confira aqui o que fazer para ajudá-lo!

#gatos
19 novembro 2022

Olhos vigilantes e atentos a tudo. Sustos constantes. Agitação. Hiperatividade. Coração acelerado. Se seu animal está apresentando esses sintomas, você […]

Continuar lendo
Percebeu o gato soltando muito pelo? Nós podemos te ajudar!

Percebeu o gato soltando muito pelo? Nós podemos te ajudar!

#gatos
16 novembro 2022

Todo tutor sabe que gatos perdem pelo e, às vezes, até parece que é proposital. Porém, um gato soltando muito […]

Continuar lendo
Confira dicas de como limpar dente de gato

Confira dicas de como limpar dente de gato

#gatos
15 novembro 2022

Para manter a saúde e os cuidados do seu bichano em dia, além das vacinações, vermífugos, brincadeiras e cuidados com […]

Continuar lendo
Dente de gato caindo: saiba se isso é normal

Dente de gato caindo: saiba se isso é normal

#gatos
12 novembro 2022

A maioria dos tutores de gato são muito atentos a tudo o que acontece com eles. No entanto, alguns problemas […]

Continuar lendo
O que você precisa saber sobre vacina para gato

O que você precisa saber sobre vacina para gato

#gatos
07 novembro 2022

Quando adotamos um bichinho de estimação, é normal que surjam muitas dúvidas quanto aos cuidados com a sua saúde, especialmente […]

Continuar lendo
Gato pode tomar dipirona, mas somente sob prescrição!

Gato pode tomar dipirona, mas somente sob prescrição!

#gatos
14 setembro 2022

Medicar os gatos não é tarefa fácil para nenhum tutor. Imagina, então, se for a dipirona! Seu gosto ruim dificulta […]

Continuar lendo
Vamos descobrir se pode dar Buscopan para gatos?

Vamos descobrir se pode dar Buscopan para gatos?

#gatos
12 setembro 2022

Os gatos estão ganhando espaço dentro dos lares brasileiros e, em breve, a expectativa é que ultrapassem o número de […]

Continuar lendo
Gato com ferida exposta: o que pode ser?

Gato com ferida exposta: o que pode ser?

#gatos
09 setembro 2022

Gato com ferida exposta é um problema recorrente entre os tutores. Há diversos motivos que podem resultar em um machucado, […]

Continuar lendo
Não é normal ter um gato com diarreia. Saiba o que pode ser

Não é normal ter um gato com diarreia. Saiba o que pode ser

#gatos
25 agosto 2022

Os gatos são muito higiênicos e escondem as fezes depois de usarem a caixinha. Por isso, muitas vezes, o tutor […]

Continuar lendo

Assine nossa newsletter e receba novidades.