Pássaro sente frio? Venha descobrir mais sobre isso

Publicado pela Equipe SERES | 10 julho 2022

#

Pássaros são criaturas belas e encantadoras. A maioria ainda são animais de vida livre, que buscam abrigo e alimento na natureza. Com o aumento da criação de aves como pets, muitas dúvidas acabam surgindo. Nos dias chuvosos e frios, por exemplo, não é raro ouvir a pergunta: pássaro sente frio?

Pássaros juntos ao lado de outro.

Mesmo que as aves tenham penas — que são muito eficientes em proteger o passarinho no frio —, elas podem sentir as mudanças bruscas de baixa temperatura no inverno. Continue a leitura para descobrir como mantê-las protegidas do frio.

Temperatura corpórea

As aves são animais com temperatura corporal mais elevada do que os seres humanos. Um passarinho saudável tem a temperatura corporal em torno de 39°C a 40°C, o que faz que ele tolere um pouco mais o frio. Mesmo assim, mudanças de temperatura, seja no frio, seja no calor, podem afetar esses animais.

Ainda que apresentem excelente termorregulação (regulam a temperatura do próprio corpo), os pássaros não devem ser expostos a situações que venham a causar estresse térmico, pois podem acabar adoecendo (especialmente doenças respiratórias) e até vindo a óbito.

Como identificar passarinho com frio

Quando o passarinho passa frio, ele tende a se esconder em um canto da gaiola para se proteger de correntes de ar e fica com as penas eriçadas para servir de isolamento térmico.

Podemos observar, também, que quando o pássaro está com frio, ele se mantém em pé somente em uma perna, mantendo a outra elevada e próxima ao corpo para se aquecer. Além disso, vira o pescoço, encostando o bico nas costas ou pode até se “aninhar”.

Dicas para proteger o passarinho do frio

Agora que já sabemos que o pássaro sente frio, cabe ao tutor estabelecer algumas práticas para mantê-lo quentinho e seguro. A seguir, listamos algumas dicas de como proteger os pássaros do frio.

Alimentação adequada

Para manter a temperatura corporal, o pássaro gasta muita energia. Durante as estações frias, é necessário oferecer alimentação de qualidade e em maior quantidade para evitar a perda de peso, enfraquecimento e doenças.

Pássaro dentro da gaiola olhando para o lado.

Livre de correntes de vento

O local onde a gaiola ficará é extremamente importante. É mais provável que, do lado de fora da casa, o pássaro sinta frio com mais intensidade. Se possível, então, mude a gaiola para o interior da casa, em um local sem correntes de vento.

Dentro da gaiola, coloque uma casinha para pássaro para que ele mesmo encontre um abrigo aquecido quando o frio estiver mais intenso. Cozinha e banheiro tendem a ser mais gelados, então, se possível, evite-os. Geralmente, o ambiente que estiver com a temperatura confortável para o tutor também estará para o passarinho.

Nos casos de viveiros ou quando não é possível fazer a mudança, capas protetoras ou até mesmo panos, lençóis e cobertores colocados nas laterais e em cima das grades ajudam a quebrar a corrente de vento direta nos pássaros.

Banho de sol

Os belos dias de sol durante o inverno são uma ótima opção para aquecer os pássaros. O banho de sol para passarinho deve ser pela manhã ou fim de tarde, quando os raios solares estão mais amenos e, ainda assim, conseguem aquecer os animais.

Aquecer o ambiente

Se o tutor percebe que o pássaro sente frio e não encontrou ou não gostou das outras alternativas para mantê-lo quentinho, uma outra opção é adquirir um aquecedor para gaiola de pássaros. Esses aquecedores podem ser encontrados nas redes comerciais de produtos para pet e são seguros para manuseio.

Uma outra opção é encher uma bolsa térmica ou garrafa pet com água quente. O calor da água fornecerá, temporariamente, um ambiente menos frio dentro da gaiola, mas é preciso ter cuidado para que o pássaro não se queime. Fique atento à temperatura da água, pois uma vez que esfrie, será preciso retirá-la ou o efeito será o contrário.

Cuidados com o superaquecimento

O pássaro sente frio de forma intensa, assim como calor. Quando aquecemos o pássaro, em especial com o uso de aquecedores, devemos ficar atentos também se a temperatura não ultrapassou os limites do bem-estar do animal.

Para saber se o passarinho não está com calor, atente-se aos sinais, como: ficar mais ofegante e com o bico entreaberto, manter as asas abertas e afastadas do corpo e aumentar a ingestão de água. Colocar a mão dentro do viveiro ou da gaiola é um meio de sentir se o ambiente está muito quente.

O que não se deve fazer

É comum vermos animais de companhia usando roupas no inverno. Nos últimos tempos, essa tendência tem ganhado o gosto de tutores de aves. Porém, ainda que fiquem encantadoras com uma roupinha, o uso pode deixá-las estressadas e oferecer risco de acidentes.

Pássaro olhando de lado para a foto.

Se o pássaro sente frio, devemos fazer uso de estratégias que lhes garantam conforto, segurança e bem-estar em todas as épocas do ano, especialmente nas frias. Seguindo essas e outras dicas disponíveis no nosso blog e com ajuda do médico-veterinário, é possível manter seu pet sempre feliz e saudável.

Aqui você encontra artigos incríveis sobre saúde e cuidados que podem ajudar a melhorar o bem-estar de seu bichinho de estimação, seja qual for a espécie do pet. Afinal de contas, o nosso instinto é cuidar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Ver todas notícias
Reprodução dos pássaros: tudo o que você precisa saber

Reprodução dos pássaros: tudo o que você precisa saber

#aves
28 outubro 2022

As aves são animais encontrados principalmente no ambiente selvagem, porém, algumas espécies, como periquitos, calopsitas  e canários, já são consideradas […]

Continuar lendo
Tudo o que você precisa saber sobre alimentação para calopsita

Tudo o que você precisa saber sobre alimentação para calopsita

#aves
22 outubro 2022

A nutrição dos pets é um dos fatores principais entre as preocupações de seus tutores. Já sabemos que uma dieta […]

Continuar lendo
O piolho de pássaro incomoda a ave. Saiba como evitá-lo.

O piolho de pássaro incomoda a ave. Saiba como evitá-lo.

#aves
01 abril 2022

O piolho de pássaro é um parasita externo das aves. Ele pode se alimentar do sangue, das penas e das […]

Continuar lendo
O que fazer quando percebo berne em passarinho?

O que fazer quando percebo berne em passarinho?

#aves
24 março 2022

O berne é uma miíase, que é a infestação de larvas de mosca na pele profunda. Essa larva não infesta […]

Continuar lendo
Pena de papagaio caindo: isso é um problema?

Pena de papagaio caindo: isso é um problema?

#aves
08 março 2022

Se você tem pássaros, pode ter notado que algumas penas deles caem, assim como acontece com o nosso cabelo. Mas […]

Continuar lendo
Papagaio doente é sinônimo de tristeza, como ajudá-lo?

Papagaio doente é sinônimo de tristeza, como ajudá-lo?

#aves
07 março 2022

O papagaio é uma ave muito inteligente, alegre e brincalhona, que interage bastante com as pessoas e os animais da […]

Continuar lendo
Calopsita estressada? Conheça o enriquecimento ambiental.

Calopsita estressada? Conheça o enriquecimento ambiental.

#aves
25 fevereiro 2022

Ter uma calopsita estressada em casa é motivo de preocupação, pois ela geralmente é uma ave amigável e alegre. Por […]

Continuar lendo
Calopsita arrancando as penas? Veja o que fazer

Calopsita arrancando as penas? Veja o que fazer

#aves
24 novembro 2021

Ter aves em casa requer alguns cuidados especiais. Afinal, a rotina delas, bem como o temperamento e as necessidades, são […]

Continuar lendo
Doenças de calopsita: veja como descobrir se o animal precisa de ajuda

Doenças de calopsita: veja como descobrir se o animal precisa de ajuda

#aves
04 outubro 2020

Se você optou por ter uma calopsita em casa, precisa conhecer mais sobre as principais doenças de calopsita. Assim, poderá […]

Continuar lendo

Assine nossa newsletter e receba novidades.