Viu a calopsita tremendo? Embora alguns proprietários acreditem que isso é normal, saiba que, na verdade, é um sinal de alerta. As causas são variadas. Conheça algumas delas e leve o bichinho ao médico-veterinário.

Calopsita tremendo? Pode ser hipoglicemia

Aves têm o metabolismo muito rápido e, por isso, consomem muita energia. Assim, precisam se alimentar frequentemente e ter uma dieta balanceada. Contudo, quando o tutor se descuida e não oferece os nutrientes corretos, o animal pode entrar em um quadro de hipoglicemia.

Essa é uma das explicações de porque a calopsita treme. Vale lembrar que o metabolismo da glicose das aves é muito semelhante ao dos mamíferos, mas difere em relação à quantidade.

Calopsita

A hipoglicemia em aves acontece quando a taxa de “açúcar no sangue” fica menor do que a normal. Em média, quando cai de 200 mg/dL já é possível notar alguns sinais clínicos. Contudo, isso varia um pouco de acordo com a espécie. No geral, a hipoglicemia em aves é consequente de:

  • Jejum prolongado;
  • Doença hepática severa;
  • Septicemia,
  • Distúrbios endócrinos.

O médico-veterinário precisará avaliar o animal para saber se ele apresenta um quadro de hipoglicemia e as possíveis causas. Contudo, ver a “calopsita se tremendo” e apática pode sugerir que isso está acontecendo. Fique atento e leve-o para ser atendido o quanto antes.

Calopsita tremendo de frio

Muitos tutores também relatam que viram a calopsita tremendo em um dia mais frio e isso é perfeitamente comum, mas não deve ocorrer. Sim, a calopsita sente frio. Às vezes, o viveiro está em um local úmido e exposto ao vento, o que aumentam a chances de o animal sofrer no inverno.

Dessa forma, se o viveiro ficar dentro de casa ou em local fechado, é importante que em horários de pico do frio as janelas maiores sejam fechadas para impedir que o vento encanado afete o animal.

Calopsita

Além disso, ao ver a calopsita encorujada e tremendo, o tutor pode colocar um pano grosso, como uma manta, em parte do viveiro, para impedir que o vento gelado chegue ao animal. O uso de um aquecedor no ambiente também é indicado e evita que a ave sinta frio e se mantenha saudável durante o inverno.

Por fim, a alimentação da ave deve ser reformulada para que ela receba a energia necessária para manter uma capa de gordura maior e ficar mais protegida. Converse com o médico-veterinário do seu pet para ver a necessidade de realizar possíveis ajustes.

Estresse pode deixar a calopsita tremendo

Outro ponto que pode explicar porque as calopsitas tremem é o estresse. As aves sofrem muito com esse problema e há diversas causas que podem interferir negativamente na capacidade delas de lidar com fatores estressantes. Algumas são:

  • Doenças;
  • Traumatismos;
  • Restrição alimentar;
  • Estimulação excessiva;
  • Condições de alojamento inadequadas;
  • Tratamento inadequado;
  • Transporte,
  • Procedimentos laboratoriais.

No geral, animais com um grau elevado de estresse também estão sendo submetidos a baixo grau de bem-estar. Dessa forma, é comum encontrar outros sinais de que o tratamento está inadequado, como:

  • Presença de lesões;
  • Doenças;
  • Má nutrição;
  • Desidratação;
  • Presença de deformidades físicas que foram desenvolvidas;
  • Atrofia muscular;
  • Presença de comportamentos incomuns (calopsita tremendo, bicar de penas, automutilação, entre outros);
  • Baixo sucesso reprodutivo,
  • Imunossupressão.

Nesses casos, o animal deve ser avaliado para que doenças que possam estar causando o estresse sejam investigadas. Além disso, será necessário investir em enriquecimento ambiental, seja ele com ou sem a ampliação do viveiro.

Calopsita tremendo

Diminuição do barulho, melhores condições de higiene e adequações nutricionais também são de suma importância. Dessa forma, seja qual for o motivo, se o tutor encontrar a calopsita tremendo deve agendar uma consulta com o médico-veterinário o quanto antes.

As aves são animais muito sensíveis, e qualquer alteração pode levá-las até à morte. No Centro Veterinário Seres temos especialistas para atender o seu animal de estimação. Entre em contato e agende uma consulta!