Ter um periquito em casa é muito legal, ele interage bastante com os tutores e tem uma linda coloração. São aves da família dos psitacídeos e são as preferidas como pet nos dias atuais. Saber o que periquito come é só o começo dessa relação.

o-que-periquito-come

Apesar de pequeno, ele é um animal que requer muitos cuidados e faz uma grande sujeira quando vai comer, espalhando a comida para todos os lados, mas isso não é problema para quem tem um. Para entender o que periquito come, confira o conteúdo a seguir!

Quem são os periquitos?

Os periquitos são representantes da família dos psitacídeos, aves que têm como característica marcante o bico curvado para baixo e a capacidade de imitar os sons humanos, falando com a gente. Também são muito animados e barulhentos.

A cabeça dessas aves é robusta, larga e sustenta o bico, que é especializado em quebrar sementes como castanhas, amêndoas e até o coco. Aliás, esses são ótimos exemplos de comida para periquito!

Possuem patas com dois dedos frontais e dois dedos voltados para trás, o que lhes dá uma grande vantagem para agarrar objetos e alimentos. As outras aves possuem apenas 1 dedo para trás, por isso só usam os pés para empoleirar.

Dimorfismo sexual

O dimorfismo sexual refere-se às características que diferenciam o macho da fêmea para além dos órgãos sexuais. Em alguns psitacídeos, é possível identificar o sexo de algumas espécies observando o bico.

A parte de cima e mais carnosa do bico, onde ficam as narinas, é chamada de carúncula. Se for de coloração azul, pode ser macho. Se for rosa ou marrom, pode ser uma fêmea. O que periquito come ou hormônios pode influenciar na intensidade dessa coloração.

Inteligência dos psitacídeos

Essas aves são das mais inteligentes que existem. Eles aprendem por repetição a cantar músicas, assobiar e imitar frases curtas que ensinamos. Também identificam cores e objetos, e são muito habilidosos com o bico e os pés.

Personalidade

São aves muito alegres, inquietas, independentes, afetuosas, adoram jogos e brinquedos. Gostam de ficar entre os humanos, são muito sociáveis e alguns se apegam a uma pessoa da casa, defendendo-a e tendo muito ciúme dela. Fazem isso por serem monogâmicos.

Expectativa de vida

Sabe-se que são aves longevas, desde que bem tratadas e alimentadas. Cada espécie tem uma expectativa de vida, por exemplo, uma calopsita pode viver até 20 anos, sendo a média de 15 a 20. Ainda existem relatos de araras que viveram por até 80 anos!

Periquito verde e amarelo com mancha azul no bico

Psitacídeos mais comuns no Brasil

Apesar de existirem muitas espécies de periquitos, algumas se tornaram as queridinhas quando se trata de ter um psitacídeo como pet. São as mais bonitas e fáceis de domesticar.

Papagaio

Existem muitas espécies de papagaios, mas a campeã é o Amazona aestiva, o papagaio-verdadeiro. Infelizmente, muitas dessas aves são oriundas do tráfico de aves, o terceiro mais lucrativo comércio ilegal do mundo. Caso pense em ter uma ave brasileira, procure comprá-la de criadores confiáveis.

A alimentação dele é à base de frutas silvestres. Contudo, as sementes e castanhas podem ser apenas um petisco, devido seu alto teor de gordura. O papagaio gosta mais das sementes que da polpa das frutas. Em cativeiro, pode-se fornecer alimento extrusado, como as rações de cães e gatos.

Além da ração, podemos dar frutas, vegetais e legumes. A mistura de sementes, contendo girassol, amendoim, milho, frutas desidratadas e sorgo, não é indicada como alimento, pois as aves selecionam o que mais gostam, desbalanceando a alimentação.

Calopsita

De origem australiana, ela possui uma linda crista amarelada e “bochechas” alaranjadas, como se tivesse passado blush. Ela se comunica por sons e pela crista: quando está alta, demonstra euforia ou estresse, enquanto abaixada mostra tranquilidade.

Periquito-australiano

Originário da Austrália, este é sem dúvida o periquito mais popular como pet no Brasil. Pode ser encontrado em diversas cores, como amarelo, azul, verde e, a mais rara, branca com olhos vermelhos (albina). É uma ave diurna que atinge 18 cm de envergadura em média. As fêmeas pesam de 24 a 40 g e o macho, entre 22 e 34 g. A expectativa de vida é de 12 a 14 anos.

Como já foi dito sobre a comida de periquito, ela é à base de frutas, hortaliças (de preferência, as verdes-escuras) e ração extrusada para periquitos. A mistura de sementes também é desaconselhada pelos mesmos motivos apresentados anteriormente.

Se seu casal de periquitos teve filhotes, o que filhote de periquito come é um pouco diferente do adulto. Trata-se de uma papa comercial para filhotes de psitacídeos, um pó com todos os nutrientes que eles precisam. Basta adicionar água morna e dar aos filhotes até os 60 dias de vida. Sabendo o que periquito come, é possível ter uma ave mais saudável.

Na alimentação para periquito-australiano, não se deve oferecer o abacate e as sementes de maçã e pera, pois são tóxicos para ele. Se quiser fornecer essas duas frutas, não se esqueça de retirar as sementes.

Portanto, o que periquito-australiano come é fundamental para o bom desenvolvimento do filhote e a longevidade do adulto.

Pássaro doméstico

Agora que você já sabe o que periquito come, pode incrementar a alimentação da sua ave. Não se esqueça de fornecer alimentos saudáveis e dar muito carinho e atenção a ela. Precisando de atendimento veterinário, nós da Seres estamos à disposição!