Para entender como aumentar a imunidade do cachorro, é importante descobrir se ele está com alguma deficiência na resposta imunológica. Afinal, um animal saudável, bem nutrido, vacinado e vermifugado geralmente não possui alteração na resposta imune. Entenda o que é tudo isso e veja como cuidar do seu pet! 

como-aumentar-a-imunidade-do-cachorro

O que é imunidade e como aumentar a imunidade do cachorro?

Antes de pensar em alterar a rotina do pet, é preciso compreender o que é imunidade. Sempre que o organismo do animal descobre que há um invasor tentando causar algo ruim, ele reage. Como se fosse um exército que vai ser atacado, e envia vários soldadinhos e libera sinais de alertas para combater a doença, o “exercício” são as células de defesa. 

Portanto, os “soldadinhos” são as células de defesa, como, por exemplo, macrófagos, linfócitos e eosinófilos. A liberação das imunoglobulinas são como sinalizadores que auxiliam na modulação do sistema imunológico para obter a resposta inflamatória. 

Geralmente a imunidade do animal é boa, quando estão bem nutridos recebendo os nutrientes adequados por meio de uma alimentação própria para idade e espécie, seja ela comercial ou caseira balanceada por um veterinário nutricionista.  Se o animal faz controle de ectoparasitas (pulgas e carrapatos) e endoparasitas (verminose), além do esquema vacinal atualizado.

Algumas alterações na resposta imune podem ser vistas em cães que possuem doença autoimune, possuem doenças sistêmicas como doença do carrapato (erliquiose e babesiose) por exemplo.   

Como saber se preciso dar um remédio para aumentar a imunidade do cachorro? 

É importante ter cautela na hora de dar remédio para aumentar a imunidade do cachorro, pois nem sempre isso é necessário. No geral, animais desnutridos precisam receber uma suplementação especial enquanto estão em recuperação. O mesmo vale para quando o pet tem, por exemplo:

  • quadros de diarreia;
  • estresse;
  • crise alérgica;
  • está se recuperando da cinomose ou de outra doença;
  • apresenta um quadro de verminose intensa. 

De uma maneira geral, nessas e em outras doenças o organismo do animal pode ter algumas deficiências nutricionais. Afinal, as enfermidades acabam prejudicando a alimentação ou a absorção de nutrientes. Por isso, por vezes, o médico-veterinário prescreve um estimulante de imunidade para cães.

Contudo, o tutor deve seguir a recomendação do médico-veterinário e fazer a suplementação prescrita. Nos demais casos, a forma de como aumentar a imunidade naturalmente é manter uma rotina de vida com todos os cuidados que o peludo precisa. 

como-aumentar-a-imunidade-do-cachorro

Afinal, como aumentar a imunidade do cachorro?

O que é bom para aumentar a imunidade do cachorro? Oferecer qualidade de vida, nutrição adequada e alguns cuidados básicos ao animal são suficientes para manter o sistema imunológico dele em dia. Veja algumas dicas!  

Tenha um cuidado especial com a alimentação

Uma das maneiras de aprender como aumentar a imunidade do cachorro é buscando por uma ração de melhor qualidade. Se você compra ração comercial, opte por uma premium ou uma super premium.

Muitas vezes, na hora de comprar ração, o tutor leva em consideração apenas a quantidade de proteínas. Embora esse valor seja importante, a decisão não pode ser baseada apenas nisso. No entanto, a quantidade de gordura também é fundamental para a saúde do pet, pois auxilia na manutenção da pele e pelagem. 

Há muitas maneiras de aumentar a quantidade de proteína de uma ração. Uma delas é usar proteína vegetal na constituição. O problema é que, embora ela diminua os custos e ofereça um alto valor proteico, a absorção pelo organismo do peludo não será tão boa. Além de poderem apresentar altos níveis de fitato, um fator antinutricional que prejudica a absorção de alguns nutrientes como zinco. 

Assim, na hora de escolher uma ração, é preciso levar em consideração a qualidade dos ingredientes. As melhores têm como principal ativo algo de origem animal. É o caso da ração à base de farinha de vísceras ou frango, ou carne fresca, por exemplo. 

A presença de nutracêuticos na ração, como prebióticos como a polpa de beterraba, e os oligossacarídeos como frutooligossacarídeos (FOS) e os mananoligossacarídeos (MOS), auxiliam na microbiota e como consequência melhoram a resposta do sistema imunológico. 

Na hora da escolha do alimento se atente a essas observações e sempre busque ajuda do médico veterinário . 

Dê petiscos naturais

Outra maneira de como aumentar a imunidade do cachorro é trocar os petiscos, ou parte deles, por frutas e legumes. A cenoura, por exemplo, costuma ser bem aceita pelos peludos. Ela é rica em nutrientes e ainda ajuda a eliminar o resíduo de alimentos dos dentes. Pode ser oferecida crua, roída pelos animais. A maçã também pode ser uma ótima opção. A aveia pode ter quantidade de beta glucano que auxiliam na imunidade e saúde intestinal do pet. 

Caminhadas e exercícios

Para o bichinho ter um organismo equilibrado e com o sistema imunológico adequado, é preciso estimulá-lo a se movimentar, isso porque também irá prevenir a obesidade e contribuirá para bem estar do animal. Leve-o para passear diariamente e não se esqueça de chamá-lo para brincar. Tudo isso ajuda a diminuir o estresse e acaba sendo uma das formas mais simples de como aumentar a imunidade do cachorro.

Mantenha a vermifugação e a vacinação em dia

Um animal com verminose fica com a imunidade baixa. Por isso, dar o vermífugo na hora certa é muito importante. Siga o protocolo do médico-veterinário. Além disso, não se esqueça de vacinar o seu bichinho todos os anos. A vacinação estimula o sistema imunológico e protege o pet de doenças. 

como-aumentar-a-imunidade-do-cachorro

Você não sabe quando a primeira vacina do cachorro deve ser dada? Então, descubra!