Apesar de não ser muito conhecido e divulgado, o câncer de próstata em cachorro é uma condição agressiva para a espécie, representando um risco para a saúde e para a qualidade de vida dos animais.

câncer de próstata em cachorro

Mas quais são as principais características dessa doença e de que forma ela pode se manifestar?  Quais as perspectivas em relação ao risco à vida do animal? Quais os sinais clínicos mais comuns? Há tratamento? Pode-se, de alguma maneira preveni-la?

Muitas são as perguntas e questionamentos sobre o câncer de próstata em cachorro, de modo que é fundamental que o conheçamos para que também possamos intervir da melhor forma possível não somente na identificação e no diagnóstico precoce, mas também no tratamento eficiente para esses casos.

Características gerais do câncer de próstata em cães

Por ser uma doença que em muito se assemelha à que atinge os homens, no cachorro, essa patologia se caracteriza pelo aumento neoplásico da glândula acessória do sistema reprodutivo (próstata), responsável pela produção de parte do líquido que nutre e transporta os espermatozoides na ejaculação.

Sintomas de câncer de próstata em cães

Os sintomas de câncer de próstata em cães variam muito, mas, na prática, são muito semelhantes aos sintomas observados nos homens quando acometidos pela neoplasia. Basicamente, resumem-se a dificuldades de urinar, dificuldade de evacuar, dor ao urinar, presença de sangue na urina, perda do apetite e febre.

Diagnóstico do câncer de próstata 

O câncer de próstata em cãe é uma doença que pode ser identificada a partir dos sinais clínicos e da realização de exames de imagem e laboratoriais para confirmação diagnóstica. Na suspeita, o médico-veterinário realizará o exame de toque para avaliar se há aumento da glândula e, a partir daí, solicitar os exames específicos

Os cuidados complementares incluem a realização de exame de imagem como a ultrassonografia abdominal para avaliação prostática, tomografia abdominal e citologia e/ou biópsia de material prostático para direcionamento e confirmação diagnóstica. 

Tratamento e perspectivas em relação à saúde do seu cãozinho

O cachorro com câncer de próstata geralmente tem seu diagnóstico estabelecido de forma tardia, ou seja, nos estágios mais avançados da doença, quando o prognóstico (perspectivas de sobrevida e resposta positiva ao tratamento) também estará mais reservado.

Da mesma maneira, o grande problema em relação ao diagnóstico tardio é a possibilidade de metástase. A próstata é uma glândula que se situa em uma região muito vascularizada, situação está que permite e facilita a disseminação das células neoplásicas para outros tecidos e órgãos devido o comportamento agressivo da doença.

Por outro lado, quando há a identificação de forma precoce, ou seja, quando já nos primeiros sinais a doença é detectada e tratada de forma adequada, as chances de controle da doença por maior tempo e melhor prognóstico para o paciente. 

Assim sendo, é fundamental que o diagnóstico precoce seja estabelecido, e dependerá do tutor identificar e procurar atendimento médico-veterinário já nos primeiros sinais observados.

câncer de próstata em cachorro

Câncer de próstata em cachorro tem cura? Especificamente em relação ao tratamento, os casos em que há a presença de uma neoplasia benigna os tratamentos locais podem ser efetivos como a cirurgia, nos casos de neoplasia maligna a cirurgia é uma possibilidade quando ainda viável ao paciente dependendo da extensão da doença ou da presença de metástases tratamentos com a quimioterapia, anti-inflamatórios e antibióticos (quando necessário) irão auxiliar no tratamento do paciente.  

Nos casos em que há a presença de tumor maligno, há a necessidade de uma avaliação mais detalhada, denominada de estadiamento oncológico para que se possa ter uma visão geral da presença de metástase detectável e quando presente, avaliar quais os órgãos foram envolvidos. Nessas situações, a intervenção cirúrgica pode ou não ser indicada.

Esses casos dependerão particularmente da investigação por parte do profissional para ver as condições gerais de saúde do seu cãozinho, idade, órgãos afetados, dentre outros fatores que determinarão o protocolo ideal a ser adotado para que se possa garantir uma melhor saúde e qualidade de vida a ele.

Prevenção do câncer de próstata em cães

Assim como acontece com o câncer nos homens, o câncer de próstata em cachorro pode ser prevenido e identificado de forma precoce, o que irá garantir muito mais possibilidades de um tratamento eficiente e maior chance de controle ou cura, na ampla maioria dos casos.

Contudo, mesmo em diagnósticos precoces a cura pode depender de maiores informações diagnósticas, como,  diferenciação tumoral, graduação e tempo de evolução, etc. As chances de cura são maiores em comparação aos diagnósticos tardios mas ainda pode existir o risco de progressão metastática.

Não é muito divulgado, mas o ideal é que os cães também passem por um check-up geral em suas condições de saúde anualmente, sendo que neste deverá ser realizado o exame do toque, onde o médico-veterinário poderá ter a confirmação diante de qualquer aumento do tamanho da próstata, como citado anteriormente.

Exames de sangue e de urina poderão também contribuir para a identificação da presença de qualquer alteração não somente desta mas de outras patologias, fazendo do fator prevenção de grande valia para a identificação de diversas doenças.

Recomendações gerais pensando na saúde do seu cãozinho

É importante que você, tutor e amante do seu cãozinho, esteja sempre atento a qualquer sinal e procure definir em sua agenda anual pelo menos um check-up geral para verificar o estado de saúde do seu melhor amigo.

câncer de próstata em cachorro

Prevenir o câncer de próstata em cachorro é fundamental, e a saúde do seu pet  depende de você também. Então, faça as avaliações de saúde rotineiramente e conte sempre com a assistência da equipe profissional do Centro Veterinário Seres.