Notou o cachorro com dor de barriga? O principal sinal de que o tutor percebe quando o peludinho está com esse problema é a alteração nas fezes. Elas podem estar diarreicas, com muco ou apenas com consistência mais mole do que deveriam. Mas por que isso acontece? Veja as possíveis causas e como ajudar o peludo.

cachorro triste com dor de barriga

Quando desconfiar de cachorro com dor de barriga?

A dor de barriga em cachorro costuma ser notada pelo tutor quando ele vai limpar os dejetos do bichinho e percebe uma consistência alterada das fezes. Algumas vezes, estas estão apenas mais moles, em outras, a diarreia é intensa.

A coloração das fezes também pode ser alterada, bem como a frequência. Tudo isso vai variar de acordo com a causa do problema e o estado de saúde geral do animal, podendo levar a um sinal de cachorro com dor de barriga.

O que causa dor de barriga em cães? 

Há inúmeras doenças ou alterações de manejo que podem deixar o cachorro com dor de barriga. As suspeitas diagnósticas vão mudar de acordo com a idade do pet, a frequência da defecação e as características das fezes, assim como se o quadro é novo ou vem se repetindo frequentemente. 

Além disso, vários outros itens precisam ser avaliados pelo veterinário, como a alimentação do animal, se houve alteração, vermifugação, vacinação e se tem contactantes. Tudo é levado em conta pelo especialista ao chegar no diagnóstico.

Como as causas podem ser variadas, caso você tenha um cachorro com dor de barriga e diarreia, será preciso levar o peludo ao médico-veterinário para que ele seja examinado. Entre as causas mais comuns estão:

  • verminoses;
  • troca de ração sem a adaptação recomendada;
  • consumo de algum alimento indevido;
  • ingestão de planta ou substância tóxica;
  • giardíase e isospora — infecções causadas por protozoários;
  • parvovirose  — doença viral grave que acomete cães;
  • colite crônica/doença inflamatória intestinal;
  • alteração na microbiota (bactérias intestinais) devido à administração de antibióticos, levando à disbiose, por exemplo.

O que mais um cachorro com dor de barriga pode apresentar? 

Além do incômodo e da alteração das fezes, há outras manifestações clínicas que comumente são percebidas pelo tutor. Elas variam muito de acordo com a origem do problema. Dentre as principais estão:

  • cachorro com dor de barriga e vomitando;
  • fraqueza;
  • febre;
  • cachorro com barriga inchada;
  • desidratação;
  • apatia;
  • evitar comer;
  • cachorro com dor de barriga e gases.

A desidratação acontece como consequência da diarreia e nem sempre pode ser percebida pelo tutor. Quando há vômito, porém, a situação fica ainda mais preocupante, pois a desidratação costuma se agravar com mais rapidez, e a vida do pet pode ficar em risco. 

cachorro com a orelha abaixada

Como saber o que causou a dor de barriga no cachorro?

Caso o tutor perceba qualquer alteração no peludo, é importante que não tente dar nenhum remédio para dor de barriga em cachorro. Dependendo do que a pessoa oferecer ao animal, poderá piorar o quadro e prejudicar a saúde do pet.

Por isso, o indicado é levar o pet ao médico-veterinário. O profissional irá perguntar sobre o histórico e os hábitos do peludo, então, é importante que o acompanhante do bichinho conheça bem essa rotina. Assim, poderá dar informações variadas, como, por exemplo:

  • se houve troca de ração;
  • se animal teve acesso a algum alimento diferente;
  • se a vacinação dele está em dia (há vacina para proteger o peludo da parvovirose);
  • quando foi a última vez que o animal foi vermifugado;
  • se ele tem acesso a plantas, pois isso pode deixar o cachorro com dor abdominal;
  • quantas vezes ele defecou com a consistência alterada;
  • qual é a coloração das fezes;
  • se havia ou não a presença de muco ou sangue.

Todos esses dados ajudarão o profissional a chegar a um diagnóstico. Além disso, o médico-veterinário vai examinar o peludo e poderá solicitar alguns exames complementares para descobrir o que deixou o cachorro com dor de barriga.

Entre os exames mais frequentes estão: exame parasitológico de fezes, que verifica algum parasita nas fezes causador dos sintomas, exame de ELISA para Giardia, que verifica anticorpos deste parasita nas fezes e que é muito comum entre os cães, exames de fezes e sangue para diagnóstico da parvovirose, quando houver suspeita da doença, e o ultrassom. 

Além deles, é possível que seja solicitado também o exame de sangue, para verificar anemias e outras infecções que podem ter sintomas de diarreias. 

Como tratar o cachorro com dor de barriga?

O tratamento varia de acordo com o que causou a dor de barriga e com o exame físico realizado no momento pelo veterinário para dar um tratamento suporte como: analgésicos para alívio de dor abdominal e. Se o animal estiver desidratado, é provável que o médico-veterinário realize a fluidoterapia (soro na veia ou subcutâneo). 

Além disso, antibióticos, probióticos, antitérmicos, antiprotozoários ou antiparasitários (vermífugos) poderão ser prescritos como alternativas de remédio para dor de barriga de cachorro, de acordo com o caso.

Como evitar que o cachorro fique com dor de barriga?

  • ofereça alimentação balanceada e adequada para a espécie, a raça e a idade;
  • não dê alimentos gordurosos ao pet;
  • fique atento aos alimentos que o cão não pode comer;
  • Evite troca de alimentação ou ração sem uma adaptação de mistura gradativa com a alimentação antiga para o organismo se acostumar com os novos ingredientes.

cachorro negando bolinha

Se você não sabe quais são as comidas proibidas para cães, veja as principais! Tenha certeza: quando precisar de uma equipe profissional e apaixonada pelo que faz, a Seres é composta por essas pessoas.