Conheça algumas causas de cachorro cansado

Publicado pela Equipe SERES | 10 julho 2022

#

Após longos passeios, corridas e brincadeiras no quintal, ou seja, após um alto gasto energético, é normal ver o pet com alguns sinais de cansaço. No entanto, ver cachorro cansado sem ter realizado uma atividade física pode ser sinal de que algo está errado.

Cachorro deitado.

Cachorro cansado: quando isso é considerado normal?

Como dissemos, é perfeitamente normal ver seu cachorro cansado ao realizar atividades físicas. Seja na creche, seja em casa, as brincadeiras podem ser animadas, e o pet pode ficar com a língua exposta e com a respiração acelerada, denominada ofegação.

Em dias mais quentes ou em regiões de calor intenso, observar o cachorro cansado é comum. A abertura da boca e o aumento da velocidade da respiração objetiva a troca de calor com o ambiente para se resfriar. Isso ocorre porque os pets não transpiram da mesma forma que os humanos.

Nesse caso de cachorro cansado, o que fazer, então? Oferecer sombra e água fresca pode ajudar o cachorro a se resfriar. Ventilador e ar-condicionado devem ser considerados quando as condições climáticas estiverem deixando o ambiente quente.

Animais com idade avançada também podem ficar cansados. Cãezinhos idosos não têm o mesmo vigor e podem se cansar mais facilmente sem que isso indique um problema, mas vale uma visita ao veterinário. Um cachorro cansado e triste, mesmo idoso, merece atenção.

Finalmente, mas não menos importante, as raças com focinho curto, chamadas de “braquicefálicas”, também podem se cansar com mais facilidade. Buldogues, Pugs, Shih-tzus e Pequineses são algumas das raças nas quais vemos esse tipo de focinho, eles exigem atenção redobrada dos tutores.

Tais animais, por terem uma conformação das vias aéreas que dificulta o fluxo de ar, mesmo saudáveis, podem apresentar maior dificuldade respiratória. Com isso, o cansaço pode ser mais frequente, especialmente no calor, quando manter o corpo resfriado é mais difícil.

A conformação do palato mole desses cães também pode provocar cansaço. Se essa estrutura for mais longa do que o normal, ela fica em cima da glote e dificulta a entrada de ar para a traqueia e os pulmões.

A avaliação dessas alterações é importante e deve ser feita pelo médico-veterinário de forma a alertar o tutor para que ele tenha cuidados específicos baseados na raça e no grau de dificuldade respiratória.

cachorro deitado.

Quando ver o cachorro cansado pode significar um problema?

Um cachorro com respiração ofegante sem ter realizado nenhum exercício físico ou animais que, ao darem poucos passos, logo tendem a deitar, devem servir de alerta.

Em casos em que há tosse seca, o cansaço pode se relacionar a problemas cardíacos ou pulmonares.

Quando o cansaço se associa à tosse produtiva, ou seja, com catarro ou focinho escorrendo, ou quando o peito do pet parece estar cheio ou “chiando”, pode ser que haja uma doença respiratória ou sistêmica acontecendo. Várias doenças podem levar a um quadro de cansaço no pet. Veja o que pode ser cachorro cansado:

  • pneumonia;
  • bronquite;
  • asma;
  • colapso de traqueia (estreitamento da parte interna da traqueia);
  • câncer no pulmão;
  • tosse dos canis;
  • insuficiência cardíaca;
  • doenças do coração, como a dirofilariose (verminose);
  • cinomose;
  • obstrução por presença de objeto estranho;
  • intoxicação;
  • choque anafilático;
  • pneumotórax (a grosso modo, ar no tórax, dificultando a expansão do pulmão);
  • obesidade;
  • hemotórax (a grosso modo, sangue no espaço pulmonar, encharcando o pulmão);
  • ansiedade de separação ou situações de medo;
  • envenenamentos que podem cursar com vômito, depressão ou outras alterações associadas;
  • síndrome braquicefálica (alterações na anatomia do focinho e do palato que causam falta de ar grave);
  • doença do carrapato. A anemia pode ser tão grave que o animal pode se cansar ao se levantar ou fazer esforços mínimos;
  • outras doenças que podem levar a anemias graves e hemorragias podem também levar a sinais de cansaço.

Quando desconfiar de que seu pet não está bem?

Ao notar seu cachorro cansado à noite ou de dia sem estar calor ou sem ele ter feito atividade física, ele pode estar doente. Além desse cansaço, observe se ele também apresenta:

  • espirros;
  • tosses;
  • vômitos;
  • corrimento nasal;
  • sibilo (chiado ao respirar);
  • desidratação;
  • ofegação e inquietude;
  • febre;
  • latidos roucos;
  • cianose (mucosas da boca ou a língua ficam arroxeadas);
  • perda de apetite;
  • perda de consciência.

Acho que meu cachorro pode estar doente, e agora?

Leve o peludo ao médico-veterinário, sempre tentando deixá-lo o mais calmo possível, evitando ao máximo que ele se estresse ou que esteja em ambiente muito quente. Se ele ficou agitado, mas está consciente, sem cianose, dê um tempo para ele se recuperar, ofereça água e aguarde um pouco.

Assim que possível, leve-o para um pronto-atendimento. Se ele estiver inconsciente, prestes a desmaiar ou com a língua/mucosas arroxeadas, dirija-se imediatamente ao suporte veterinário mais próximo.

Existe tratamento?

Existem diversos tratamentos para as mais diversas causas, por isso, é fundamental identificar a doença de origem. Dando o medicamento prescrito pelo médico-veterinário, é possível melhorar os sinais clínicos, dar mais qualidade de vida ao animal e até prolongar a sobrevida do pet.

Casos cirúrgicos podem ser considerados, como, por exemplo, para os cães de raças braquicefálicas com síndrome braquicefálica, ou seja, cujo orifício nasal e prolongamento do palato mole precisam ser corrigidos.

cachorro deitado.

Agora você já está ciente de tudo sobre cachorro cansado. Sempre que pensar em uma equipe pronta para ajudar nessas horas, lembre-se do Seres! Aqui, a gente prima pelo bem-estar do seu animal. Venha nos conhecer!

Aqui você encontra artigos incríveis sobre saúde e cuidados que podem ajudar a melhorar o bem-estar de seu bichinho de estimação, seja qual for a espécie do pet. Afinal de contas, o nosso instinto é cuidar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Ver todas notícias
Dente de cachorro caindo: saiba se é normal

Dente de cachorro caindo: saiba se é normal

#cachorro
14 novembro 2022

Todo tutor adora ver seu bichinho feliz e saudável, por isso, brinca e oferece brinquedos para ele se divertir. Durante […]

Continuar lendo
É possível identificar fezes de cachorro com giárdia?

É possível identificar fezes de cachorro com giárdia?

#cachorro
08 novembro 2022

A giardíase, ou seja, a infecção do seu peludinho por um protozoário unicelular, pode alterar o sistema digestório, causando gases, […]

Continuar lendo
Doenças cardíacas em cães: saiba como identificar

Doenças cardíacas em cães: saiba como identificar

#cachorro
27 outubro 2022

Assim como nos seres humanos, as doenças cardíacas em cães também são patologias frequentes, geralmente associadas à idade mais avançada. […]

Continuar lendo
Seu cachorro não bebe água? Isso não é um bom hábito!

Seu cachorro não bebe água? Isso não é um bom hábito!

#cachorro
26 outubro 2022

A água é a substância mais abundante no corpo dos animais. Se seu cachorro não bebe água, você deve descobrir […]

Continuar lendo
Dentista-veterinário: saiba mais sobre essa especialidade

Dentista-veterinário: saiba mais sobre essa especialidade

#cachorro
25 outubro 2022

A medicina veterinária vem crescendo a cada dia. É comum nos depararmos com novos produtos, tratamentos e até mesmo doenças […]

Continuar lendo
Conheça como vive um cachorro deficiente

Conheça como vive um cachorro deficiente

#cachorro
24 outubro 2022

Os animais, assim como os seres humanos, podem sofrer acidentes, ser diagnosticados com doenças de difícil tratamento ou nascer com […]

Continuar lendo
Como saber se o cachorro está ficando cego e como ajudá-lo

Como saber se o cachorro está ficando cego e como ajudá-lo

#cachorro
06 outubro 2022

Apesar de o olfato ser o sentido mais aguçado e importante para o cão, isso não quer dizer que se […]

Continuar lendo
Ferida na orelha do cachorro: devo me preocupar?

Ferida na orelha do cachorro: devo me preocupar?

#cachorro
03 outubro 2022

Umas das partes do corpo do nosso pet que chama mais atenção são as orelhas. Cada raça possui um formato […]

Continuar lendo
Casca grossa na pele do cachorro: um problema muito comum

Casca grossa na pele do cachorro: um problema muito comum

#cachorro
30 setembro 2022

Problemas dermatológicos estão entre as principais queixas de tutores quanto à saúde do seu animal. Grande parte dos cachorros são […]

Continuar lendo

Assine nossa newsletter e receba novidades.