O exame de sangue de gato pode ser solicitado pelo médico-veterinário tanto para auxiliar em um diagnóstico, quanto em um check-up. Veja para que serve e como o procedimento é realizado. 

exame-de-sangue-de-gato

Por que o exame de sangue de gato é solicitado? 

Os animais de estimação se tornaram membros da família. Como todos, também precisam de atendimento durante a vida para garantirem boa saúde. Assim, eles precisam ir ao médico-veterinário para serem examinados e fazerem check-up.

Além disso, por vezes, podem adoecer e precisar de atendimento do médico veterinário. Tanto em um caso quanto em outro, para uma melhor avaliação, é provável que o profissional solicite testes complementares.

Esse recurso ajuda o profissional a ter uma visão mais detalhada do que está acontecendo com o animal. É possível identificar se ele está anêmico, se tem algum problema na tireoide, no fígado, ou até mesmo uma doença infecciosa, por exemplo, tudo isso para avaliar a saúde dos gatos.

Quais são os tipos de exame de sangue de gato? 

Entre os exames laboratoriais para gatos, o hemograma  é um dos mais solicitados. Ele avalia e quantifica as células do sangue do animal. No entanto, a coleta pode servir para outros exames como dosagens bioquímicas renais e hepáticas, glicemia, colesterol e triglicérides.

A coleta de sangue também pode ser feita para o exame sorológico ou de PCR (Reação em Cadeia da Polimerase), usado para confirmar se o animal está ou não com uma doença infecciosa, por exemplo. 

Para que serve o hemograma? 

Entre os exames em gatos que necessitam da coleta de sangue, o hemograma é um dos mais realizados. Nele, serão avaliadas a morfologia e a quantidade de cada uma das células sanguíneas. Resumidamente, o hemograma avalia a série vermelha (hemácias, hemoglobina e hematócrito), responsável principalmente pela oxigenação celular; a série branca (leucócitos), responsável pela defesa do corpo e a contagem de plaquetas, responsável pela coagulação.

  • hemácias;
  • plaquetas;
  • hemoglobina; 
  • leucócitos (neutrófilos, eosinófilos e basófilos);
  • hematócrito. 

exame-de-sangue-de-gato

Como é feita a coleta para realizar o exame de sangue de gato?

O jejum alimentar sempre é necessário para o exame de sangue de gato, por isso, quando for agendar a coleta, pergunte quantas horas o animal precisa ficar sem se alimentar. Assim, você evitará enganos e transtornos.

O exame de sangue em gatos é feito com a introdução de uma agulha em uma veia, que pode ser dos membros anteriores, dos membros pélvicos internos e também do pescoço, uma veia que possui um calibre maior e por esse motivo pode ajudar na coleta.  Esse é um procedimento padrão e muito delicado, o que indicará em qual veia fica melhor a coleta será seu médico veterinário analisando no momento.

Além disso, o material coletado é enviado para o laboratório para ser analisado. Com o resultado em mãos, o médico veterinário poderá avaliar a saúde do pet e identificar se há alguma alteração. 

Quanto custa exame de sangue para gatos?

O preço do exame de sangue de gato pode variar muito, não apenas de acordo com o laboratório, mas também devido ao que foi solicitado. Por exemplo, se o pet fizer apenas um hemograma, o preço será menor que se ele precisar realizar um check-up completo.

Por isso, para se programar financeiramente, é indicado perguntar quanto custa exame de sangue para gatos antes de agendá-lo. 

exame-de-sangue-de-gato

Além do exame de sangue de gato, outro ponto importante da rotina de saúde dos gatos é oferecer a dieta correta. Veja como funciona