Os felinos são animais fascinantes e que despertam muita curiosidade nos amantes dos bichinhos. É por isso que os tutores sempre procuram saber tudo sobre esse pet. Dentre os itens que, muitas vezes, causam dúvidas, está o sistema digestivo do gato. Você sabe como funciona? Veja algumas curiosidades!

sistema digestivo do gato

Como o sistema digestivo do gato é formado?

Assim como acontece com as pessoas, o sistema digestivo felino é cheio de compartimentos, e cada um deles tem uma função. Assim, podemos dizer que o processo de digestão começa pela boca e chega até ao ânus. Para isso, o alimento passa por:

  • boca de gato e anexos (dentes, língua e glândulas salivares);
  • faringe;
  • esôfago;
  • estômago;
  • intestino delgado (duodeno jejuno e íleo);
  • intestino grosso (ceco, cólon e reto),
  • ânus.

O fígado e o pâncreas são órgãos anexos que também têm grande importância na atividade realizada pelo sistema digestivo do gato.

Como é a boca do gato?

O sistema digestivo do gato começa pela boca, que tem a função de apreender o alimento, começar a triturá-lo e envolvê-lo com saliva. Isso ajuda com que ele passe pelo esôfago, para que chegue até ao estômago. Não há grande ação de enzima nessa etapa da digestão.

Na boca, os filhotinhos têm 26 dentes “de leite”, enquanto os dentes permanentes são 30. A língua do bichano tem papilas gustativas. São elas que fazem você sentir a aspereza quando ganha uma lambida do seu felino (e que ajudam o gato a se limpar). Na boca do felino, há entre 400 e 500 papilas.

E o estômago do gato?

Depois de apreender o alimento, mastigá-lo e engoli-lo, o que foi ingerido passa pelo esôfago, um tubo, e chega ao estômago do gato. Essa é uma dilatação do tubo digestivo que tem como função armazenar o alimento.
Também é no estômago que acontece parte da digestão enzimática e ácida do alimento (pH de 0,5 a 2). O órgão ainda é o responsável por diminuir o tamanho dos alimentos e controlar a velocidade com que eles passam para o intestino.

sistema digestivo do gato

Nessa etapa, o tempo de digestão dos gatos varia, pois o alimento pode ficar entre uma e duas horas no estômago do felino. Tudo vai depender do que ele ingerir e da quantidade de alimento.

Por falar em quantidade, você sabe quantos mL cabem o estômago de um gato? O bichano pode até ser pequenininho, mas como o estômago precisa armazenar alimentos, acaba tendo uma capacidade volumétrica grande, que varia de 300 a 350 mL!

Como é o intestino do gato?

Seguindo o caminho da alimentação do gato no sistema digestivo, do estômago a comida vai para o intestino. Esse é um grande tubo, que tem como função continuar digerindo o alimento, absorver nutrientes e produzir hormônios.

O intestino equivale a aproximadamente 15% de todo o volume do tubo digestivo e pode chegar a 2,1 metros de comprimento, variando de acordo com o tamanho do bichano. Assim como acontece com as pessoas, os pets têm intestino delgado e grosso.

No delgado (duodeno, jejuno e íleo), o que é produzido pelo fígado e o pâncreas é misturado ao bolo alimentar. Também é nele que termina a digestão de gordura, proteína e carboidrato. Além disso, uma parte dos nutrientes é absorvida. Ele mede de 0,5 a 1,7 metros e esvazia de 1 a 3 horas.

O intestino grosso vem na sequência (ceco, cólon e reto). Nessa parte do sistema digestivo do gato, é feita a absorção de eletrólitos e água.

sistema digestivo do gato

Também é nele que acontece a absorção de resíduos e a fermentação bacteriana. O intestino grosso mede entre 0,2 a 0,5 metros. O bolo fecal pode ficar lá por até 15 horas.

Viu como a digestão dos felinos domésticos é interessante? Tudo começa pela boca e tem participação dos dentinhos. Por falar em dentes, você sabe quando a troca é feita? Descubra!