Ter aves em casa requer alguns cuidados especiais. Afinal, a rotina delas, bem como o temperamento e as necessidades, são muito diferentes das de outros pets. Quando o tutor não fica atento a cada detalhe, pode encontrar a calopsita arrancando as penas. Veja por que isso acontece e como ajudar o pet. 

calopsita-arrancando-as-penas

Calopsita arrancando as penas: o que é isso? 

Não é preciso pesquisar muito para saber que a vida que os animais silvestres têm dentro de uma casa é muito diferente da que eles teriam se estivessem na natureza, não é? Assim, dentro dos lares, esses bichos comumente são submetidos a diversos fatores estressantes.

O problema é que o organismo desses animais tolera até uma certa carga de estresse. No entanto, quando o tutor não se preocupa com os cuidados com calopsita, para que ela viva melhor, o estresse é tanto que o animal começa a apresentar problemas.

As baixas condições de bem-estar levam à perda da homeostase. Consequentemente, o animal passa a apresentar distúrbios comportamentais, como, por exemplo, automutilação.

Essa é a causa mais comum de calopsita puxando as penas e, na maioria dos casos, tal ação é consequência de uma situação de extremo estresse. Assim, é considerado um comportamento compulsivo.

Muitas vezes, o tutor confunde tal prática com a muda de penas da calopsita, mas é preciso ficar atento, pois quando o problema não é tratado adequadamente, pode levar o animal a óbito. Contudo, essa não é a única causa de calopsita com falha nas penas. Há outros fatores que devem ser considerados. 

Outras causas de falhas nas penas das aves

A calopsita arrancando as penas também pode ter a Síndrome do Arrancamento de Penas. Estima-se que mais de 10% dos animais em cativeiro sofram com esse problema pelo menos uma vez na vida. 

Embora comumente as falhas de penas nas aves aconteçam em calopsita estressada, há outras possíveis causas. Dentre elas:

  • presença de ectoparasitas: ácaro vermelho Dermanyssus spp., ácaro de pena e sarna knemidocóptica;
  • endoparasitas como giárdia;
  • intoxicações;
  • desnutrição;
  • foliculites;
  • neoplasias;
  • dermatite;
  • foliculite;
  • alergias;
  • desnutrição, entre outros. 

calopsita-arrancando-as-penas

Todos esses fatores podem levar o animal a ter falhas nas penas. Entretanto, quando o tutor percebe a calopsita arrancando as penas, comumente esse ato está ligado a:

  • doenças;
  • ectoparasitas;
  • tédio;
  • ansiedade;
  • solidão;
  • frustração reprodutiva;
  • medo de pessoas ou animais estranhos;
  • superpopulação;
  • estresse devido à mudança repentina de ambiente;
  • estresse térmico, ou seja, calopsita com calor ou com frio. 

Tratamento de calopsita arrancando as penas

Caso o tutor note o animal com falha nas penas, deverá agendar uma consulta com o médico-veterinário. Será importante que ele saiba informar sobre a rotina do animal, pois isso ajudará no diagnóstico e também nas estratégias de tratamento.

Em suma, na clínica, além de avaliar os demais fatores que podem levar às falhas nas penas do pet, o médico-veterinário irá verificar o comportamento do animal. No caso de calopsita arrancando as penas, o principal tratamento é o enriquecimento ambiental, além de garantir que o animal esteja instalado em um ambiente adequado. 

Em suma, será preciso garantir que a calopsita tenha um viveiro adequado, amplo, livre de ventos e com abrigo. Sem contar que deve ter alimento de qualidade e água limpa e fresca. Além disso, para enriquecimento ambiental podem ser usadas alternativas como:

  • colocação de frutas penduradas no viveiro, como, por exemplo, bananas com casca bem higienizadas, para estimulá-la a descascar para se alimentar;
  • inclusão de galhos de plantas frutíferas higienizados, para evitar intoxicações. Eles servem como poleiros e podem permitir que o animal corte as folhas e se distraia;
  • alternativas de esconderijo;
  • frutas escondidas espalhada pelo viveiro para que o animal as encontre;
  • espigas de milho inteiras, para que a própria ave selecione o alimento e precise retirá-lo para comer;
  • castanhas com casca;
  • caixas de papelão preenchidas com palha, entre outros. 

calopsita-arrancando-as-penas

Em alguns casos, será possível que o médico-veterinário prescreva, junto ao enriquecimento ambiental, medicamentos. Eles visam tanto ajudar na redução do nível de estresse quanto tratar possíveis danos causados pelo arrancamento das penas.