Nada como chegar em casa do trabalho e ser recebido por um rabinho abanando e muitas lambidas, não é? Todo tutor adora ver o pet esperando e feliz. No entanto, às vezes, é possível sentir um odor diferente: o mau hálito de cachorro. Isso aconteceu com seu peludo? Descubra o que fazer!

mau hálito de cachorro

O que causa mau hálito de cachorro?

Geralmente, o mau hálito em cachorro acontece quando o tutor não escova os dentes do pet. É isso mesmo! Se o seu peludo não recebe a higiene bucal adequada, é possível que ele apresente um odor desagradável na boca.

Além do próprio acúmulo de alimentos, o desenvolvimento da gengivite é uma possível causa de mau hálito de cachorro. No geral, quando o tutor abre a boca do peludo, consegue identificar algumas alterações causadas pelas doenças periodontais, como, por exemplo:

  • Gengivas vermelhas, que podem estar inchadas;
  • Sangramento na gengiva;
  • Dentes amarelados (tártaro),
  • Dentes quebrados ou com coloração escura.

No entanto, não é só isso que pode causar mau hálito de cachorro. Doenças estomacais, renais e até hepáticas (no fígado) podem gerar alteração no odor da boca. Nesses casos, o tutor, provavelmente, vai notar outros sinais clínicos, como:

  • O pet fica mais seletivo na hora de comer e passa a preferir alimentos moles ou para de se alimentar;
  • Vômito;
  • Diarreia,
  • Excesso de salivação.

O que fazer?

O peludo deve ser levado ao médico-veterinário para ser examinado. Afinal, as doenças periodontais precisam ser tratadas. Para isso, o profissional vai avaliar o quadro e, provavelmente, agendar a limpeza de tártaro ou prescrever um remédio para mau hálito de cachorro.

Além disso, caso o cachorro com mau hálito apresente outra alteração, é possível que o profissional solicite exames complementares (o de sangue e a ultrassonografia são os mais comuns).

Com os resultados em mãos, o profissional poderá avaliar se o pet tem alguma alteração nos órgãos internos. Assim, terá como definir o diagnóstico e o melhor tratamento.

Dicas para acabar ou evitar o mau hálito em cães

O peludinho que apresentar alteração no cheiro da boca deve ser examinado. No entanto, no dia a dia, há alguns cuidados que o tutor pode ter e que ajudarão a garantir a saúde bucal do pet. Descubra quais são eles e o que é bom para mau hálito de cachorro!

mau hálito de cachorro

Escove os dentes do peludo

Uma das principais maneiras de evitar o mau hálito de cachorro é mantendo a higiene bucal do cão em dia. Para isso, é preciso adquirir a pasta de dente para pets e uma escova dental adequada, que pode ser com cabo (feita para animais) ou a que se coloca no dedo, que é comumente usada em bebês e também está disponível em pet shops.

Depois disso, é preciso acostumar o peludo com a higienização bucal. Comece fazendo com que o animal permita ter a gengiva e os dentes tocados. Com o dedo indicador, massageie a boca dele aos poucos, em movimentos circulares.

Repita isso por alguns dias, até que o animal esteja mais confortável. Depois, coloque um pouco de pasta de dente para cachorro na ponta do dedo e passe nos dentes dele. Sempre com muito cuidado e carinho.

Depois de uma semana fazendo esse procedimento, comece a usar a escova dentária. O ideal seria que a escovação fosse diária. No entanto, se o tutor conseguir fazer isso três vezes por semana, já melhora muito a saúde bucal do bichinho.

Dica caseira

Embora não exista um remédio caseiro para mau hálito de cachorro, há uma dica que pode ajudar. Em vez de dar um petisco macio para seu cão comer, ofereça a ele uma cenoura crua.

Além de nutritivo, esse alimento é duro e, ao mordê-lo, na tentativa de ingerir, o animal acaba engolindo alimentos que podem ter ficado acumulados na boca ou entre os dentes. Sem contar que a mastigação aumenta a salivação, que ajuda a diminuir o mau hálito de cachorro.

Petiscos e produtos

Há ainda alguns petiscos para mau hálito de cachorro, que, devido ao seu formato, ajudam a eliminar os alimentos que podem ter ficado acumulados na boca do pet. Existe também um produto que pode ser dissolvido na água e colabora com a saúde bucal. No entanto, ele só deve ser usado com indicação veterinária.

mau hálito de cachorro

Todos esses cuidados devem ser tomados desde que o cachorro começa a trocar os dentes. Você sabe quando isso acontece? Descubra! Além disso, não se esqueça de agendar a consulta com o médico-veterinário, para que o peludo com mau hálito seja examinado!