É comum que as pessoas tratem os felinos como integrantes da família. Assim, frequentemente procuram dar o mesmo medicamento que tomam para esses pets. É aí que mora o perigo. Por vezes, o tutor resolve dar Diazepam para gatos e pode colocar em risco a saúde do pet. Veja para que serve esse fármaco e quando pode ser usado.

Posso dar Diazepam para gatos?

Pode dar Diazepam para gato? Essa é uma pergunta muito frequente e a resposta é simples: não! É fato que esse é um fármaco muito usado na medicina humana e também na medicina veterinária. Contudo, esse medicamento não deve ser dado por via oral para os felinos.

diazepam para gatos

Há estudos que mostram que o remédio, quando administrado por via oral, pode causar falência hepática. Viu o risco que o pet corre? Se você decidir, por conta própria, dar Diazepam para gatos, pode fazer com que o fígado deles pare de funcionar e que o bichinho venha a óbito.

Por isso, é essencial que, antes de tomar qualquer medicamento, o animal seja examinado pelo médico-veterinário. Afinal, além da dosagem dada ao gato ser muito diferente da administrada em humanos, há muitos fármacos que as pessoas tomam e que são proibidos para os pets.

E quando pode dar Diazepam para gatos?

A indicação do Diazepam para os felinos domésticos é para o uso do fármaco como sedativo. Assim, pode ser administrado por via endovenosa ou retal, sempre pelo médico-veterinário, em casos pontuais. Dentre eles:

  • No caso de gato convulsionando;
  • Por indução anestésica, quando é administrado junto a outros fármacos;
  • Como relaxante muscular;
  • Para transtornos de conduta e desordem alimentar em gatos;
  • Em quadros de hiperexcitabilidade.

A dosagem de Diazepam para gatos será calculada pelo médico-veterinário, já que será ele quem irá administrar o fármaco. Em alguns casos, pode ser que o profissional opte pela administração intramuscular.

Posso dar Diazepam para gato ansioso?

Embora esse fármaco seja também indicado para o tratamento de alguns casos pontuais ligados ao comportamento, no caso do gato ansioso, essa droga não é a usada. Primeiramente, ela teria que ser injetada por via endovenosa, o que complicaria bastante a possibilidade de administrá-la.

Além disso, a sua meia-vida (maiores efeitos do Diazepam) em gatos é de aproximadamente 5h30, ou seja, dura pouco. Assim, o uso de Diazepam para gatos ansiosos causaria um grande transtorno e poderia se tornar um problema para um animal que já está com alterações comportamentais.

diazepam para gatos

Por isso, há outros fármacos que podem ser indicados para essa finalidade, bem como alternativas de tratamento. Alguns fitoterápicos e até hormônios sintéticos liberados no ar podem ajudar a controlar a ansiedade felina. No geral, a mudança da rotina do pet tende a ser muito eficaz em quadros assim.

Como dar remédios para gatos?

Sabendo que não pode dar Diazepam para gatos a não ser que o médico-veterinário prescreva, é possível que você tenha que administrar alguma medicação em casa.

Afinal, depois de examiná-lo, o profissional pode diagnosticar alguma doença, por exemplo, que tenha alterado o comportamento do animal. Nesse caso, veja dicas de como segurar o gato para dar remédio:

  • Coloque o felino sobre um sofá, cadeira, ou apoiado em um local;

diazepam para gatos

Pronto, você acaba de dar o remédio para o seu pet. Gostou? Agora que descobriu que não pode dar Diazepam para gatos, provavelmente está pensando se há outros calmantes que possam ser administrados, não é?

Descubra se você pode ou não pode dar calmante para gato! E caso ainda tenha dúvidas, agende uma consulta!