Os felinos domésticos estão sempre em alerta, por isso, podem sofrer mais com estresse de uma mudança ou até da chegada de um novo integrante à família. Com isso, acabam mudando de comportamento e podem até ficar irritados. Quando situações como essa acontecem, o tutor logo pensa em dar calmante para gato, mas isso não é bom. Veja mais sobre o assunto.

calmante para gato

Posso dar calmante para gato?

Nenhuma medicação pode ser dada ao bichano sem que seja prescrita pelo médico-veterinário. Além disso, calmante ou tranquilizante para gatos que os humanos tomam, dificilmente serão prescritos para o bichano.

Alguns desses fármacos são usados apenas para induzir a anestesia, quando o pet vai ser submetido a uma cirurgia. Raramente esse tipo de medicamento é prescrito para que o tutor use em casa. Por isso, se pensa em dar calmante para gato, não faça isso. Leve seu animal para ser examinado.

Se eu der calmante para gato, o que pode acontecer?

Quando você administra uma medicação em gatos sem que ela seja prescrita pelo médico-veterinário, a vida do animal corre risco. Dependendo da quantidade, o bichano pode ir a óbito. Caso não chegue a esse ponto, ele provavelmente vai passar mal se você der alguns calmantes humanos para gatos. Ele pode apresentar:

  • Vômitos;
  • Letargia;
  • Agitação;
  • Aumento da temperatura corporal;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Alteração na pressão sanguínea;
  • Desorientação;
  • Vocalização;
  • Tremores,
  • Convulsões.

Calmante natural pode ser usado?

Sim, desde que prescrito pelo médico-veterinário. Ao contrário do medicamento que é usado por humanos, que raramente é prescrito, o calmante natural para gatos poderá ser usado em alguns casos, entre eles:

  • Quando o animal sofreu um trauma;
  • Se o pet for muito medroso e precisar mudar de casa,
  • Quando há alguma alteração na família e o bichano fica triste.

Embora os calmantes naturais possam ser uma alternativa, nem sempre eles são usados nos felinos. Muitas vezes, a mudança na rotina e o enriquecimento ambiental são suficientes para resolver o problema. Tudo dependerá da análise profissional. 

Há calmante para gata no cio?

Quando as gatinhas entram no cio é um incômodo geral. Para atrair os machos, elas miam alto e tentam fugir por todo canto. Como esse período dura dias, muitos tutores acabam procurando um calmante para gatas no cio. No entanto, isso não é possível.

A única forma segura de evitar que todo esse incômodo aconteça várias vezes por ano é castrando a mascote. Quando esse procedimento cirúrgico é realizado, os ovários e o útero da gatinha são retirados. Dessa forma, nunca mais ela entrará no cio e o tutor poderá ficar tranquilo.

calmante para gato

Onde encontro um calmante para gato dormir?

Seu felino está muito agitado e dormindo pouco? Ele pode apenas estar precisando de mais carinho, atenção e diversão, e não de um calmante para gato dormir. Muitas vezes, basta ajudar o pet a gastar energia para tudo ficar bem.

No entanto, ele pode estar com dificuldade para dormir por estar doente. Se o bichano sentir dor ou qualquer outro sinal e tiver insônia, leve-o ao médico-veterinário. Ele precisa ser examinado.

Há alternativas?

Sim, há! Para cada caso, existe algo que pode ser feito. Animais medrosos, por exemplo, podem ser beneficiados pelo enriquecimento ambiental. Além disso, há um hormônio sintético, que pode ser útil. Ele é acoplado a um aparelho e ligado na tomada. Dessa forma, é liberado no ambiente e ajuda a deixar o gato mais tranquilo.

Há também os florais de Bach, que podem ser usados quando o tutor se queixa de os animais serem muito agitados. Por fim, existem ainda os fitoterápicos, que poderão ser prescritos pelo médico-veterinário e poderão ajudar a tranquilizar o pet.

Seja qual for o caso, a prescrição correta e a decisão da dose a ser administrada será determinada pelo médico-veterinário. O profissional poderá avaliar se o felino tem alguma doença preexistente e sua idade, a fim de saber se é realmente seguro.

calmante para gato

Outro tratamento que pode ser usado é a aromaterapia. Saiba mais sobre ela