Bola de pelo em gatos: quatro dicas para evitá-la

Publicado pela Equipe SERES | 10 julho 2022

#

Todo tutor sabe que os gatinhos são muito limpos e vivem se lambendo. O problema é que, com esse ato, eles acabam ingerindo pelos, que formam bola de pelo no aparelho digestório. Veja dicas para evitar que isso aconteça!

gatos peludos sentados descansando

Como a bola de pelo é formada?

Os gatos e demais animais soltam pelo diariamente. A grande diferença é que os felinos têm o hábito de se limpar. Durante o banho, as lambidas acabam fazendo com que esses pelos, que já estão soltos, sejam ingeridos.

O problema é que os pelos, que ficam presos na língua, são deglutidos e podem formar a bola de pelo em gatos. Como não são digeridos, se os gatos não os regurgitam, os pelos podem se acumular e formar a bola de pelos, que é chamada de bezoar ou tricobezoar.

Assim, podemos dizer que a bola de pelo de gato nada mais é do que um acúmulo de saliva, pelos do animal ou de outro gato e suco gástrico. Quando formada, ela pode resultar em problemas para o bichano. Afinal, pode começar a atrapalhar a digestão.

É possível que a bola de pelo em gato fique no estômago ou no intestino e comece a impedir que o alimento transite normalmente pelo trato gastrintestinal. Com isso, o animal adoece e pode apresentar sinais como:

  • dificuldade em defecar;
  • falta de apetite
  • regurgitação;
  • ânsia frequente;
  • desidratação,
  • apatia.

Caso isso aconteça, o gato com bola de pelo precisará ser examinado pelo médico-veterinário. Após realizar o exame físico, o profissional terá que solicitar uma radiografia, para saber a posição da bola de pelo dentro do corpo do peludo.

Muitas vezes o gato com bola de pelos precisa ser submetido a um procedimento cirúrgico, para a retirada do corpo estranho.

Dicas para evitar a formação das bola de pelo em gatos

Estima-se que, diariamente, cada gato ingira, pelo menos, dois pelos enquanto se lambe. Para que eles não venham a causar problema, o ideal é que o animal os regurgite ou os elimine nas fezes. Se o tutor for atento, poderá notar que isso acontece.

Contudo, se mesmo observando, não perceber a eliminação de pelo no vômito ou nas fezes, é preciso ficar alerta. O bichano pode acabar tendo bola de pelo retidas no organismo. Assim, o tutor precisa aprender como eliminar bola de pelo em gatos. Veja dicas!

gato brincando no sofá

Leve o seu bichano para um check up

A formação de bola de pelo pode estar ligada à redução do peristaltismo intestinal, e isso pode acontecer por diversos fatores. Essa diminuição da motilidade intestinal pode estar ligada, por exemplo, a quadros de inflamação intestinal ou até ao fato de o gatinho está constantemente estressado.

Ao levar o animal ao médico-veterinário, o tutor verá que o profissional poderá fazer uma avaliação clínica e, caso note qualquer alteração, poderá tratá-la. Assim, será possível evitar que a doença evolua a ponto de ocorrer a formação de bola de pelo em gatos.

Escove o animal com frequência

Os pelos irão cair diariamente, mas o importante é evitar que os gatos ingiram. Para isso, o que o tutor pode fazer é escovar o animal. Com essa prática, os pelos são retirados na escova, e as chances de o bichano engolir algum deles diminuem.

Ofereça a alimentação correta

Outro ponto importante é ter cuidado com a alimentação. Caso note que o seu gato não expele o pelo ingerido, converse com o médico-veterinário. Pode ser que seja preciso alterar a dieta do pet.

O enriquecimento da alimentação natural, com fibras, deve ser considerado. Caso o animal receba ração, há algumas voltadas para essa finalidade. Como alternativa, é possível dar petiscos diários, que ajudam a evitar a formação de bola de pelo.

Disponibilize grama

Deixar grama disponível para o felino também é uma boa estratégia. Afinal, eles costumam ingeri-la, e isso ajuda tanto na regurgitação, quanto na eliminação do pelo pelas fezes.  Dessa forma, é possível comprar graminhas, plantar alpiste em casa e disponibilizá-lo para os animais.

gato parado

Além disso, junto a todos esses cuidados, não se esqueça de oferecer água fresquinha e estimular o animal a se movimentar, com muita brincadeira! Afinal, isso ajudará a mantê-lo saudável e evitar que fique obeso. Saiba mais.

Aqui você encontra artigos incríveis sobre saúde e cuidados que podem ajudar a melhorar o bem-estar de seu bichinho de estimação, seja qual for a espécie do pet. Afinal de contas, o nosso instinto é cuidar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Ver todas notícias
Tem um gato ansioso? Confira aqui o que fazer para ajudá-lo!

Tem um gato ansioso? Confira aqui o que fazer para ajudá-lo!

#gatos
19 novembro 2022

Olhos vigilantes e atentos a tudo. Sustos constantes. Agitação. Hiperatividade. Coração acelerado. Se seu animal está apresentando esses sintomas, você […]

Continuar lendo
Percebeu o gato soltando muito pelo? Nós podemos te ajudar!

Percebeu o gato soltando muito pelo? Nós podemos te ajudar!

#gatos
16 novembro 2022

Todo tutor sabe que gatos perdem pelo e, às vezes, até parece que é proposital. Porém, um gato soltando muito […]

Continuar lendo
Confira dicas de como limpar dente de gato

Confira dicas de como limpar dente de gato

#gatos
15 novembro 2022

Para manter a saúde e os cuidados do seu bichano em dia, além das vacinações, vermífugos, brincadeiras e cuidados com […]

Continuar lendo
Dente de gato caindo: saiba se isso é normal

Dente de gato caindo: saiba se isso é normal

#gatos
12 novembro 2022

A maioria dos tutores de gato são muito atentos a tudo o que acontece com eles. No entanto, alguns problemas […]

Continuar lendo
O que você precisa saber sobre vacina para gato

O que você precisa saber sobre vacina para gato

#gatos
07 novembro 2022

Quando adotamos um bichinho de estimação, é normal que surjam muitas dúvidas quanto aos cuidados com a sua saúde, especialmente […]

Continuar lendo
Gato pode tomar dipirona, mas somente sob prescrição!

Gato pode tomar dipirona, mas somente sob prescrição!

#gatos
14 setembro 2022

Medicar os gatos não é tarefa fácil para nenhum tutor. Imagina, então, se for a dipirona! Seu gosto ruim dificulta […]

Continuar lendo
Vamos descobrir se pode dar Buscopan para gatos?

Vamos descobrir se pode dar Buscopan para gatos?

#gatos
12 setembro 2022

Os gatos estão ganhando espaço dentro dos lares brasileiros e, em breve, a expectativa é que ultrapassem o número de […]

Continuar lendo
Gato com ferida exposta: o que pode ser?

Gato com ferida exposta: o que pode ser?

#gatos
09 setembro 2022

Gato com ferida exposta é um problema recorrente entre os tutores. Há diversos motivos que podem resultar em um machucado, […]

Continuar lendo
Não é normal ter um gato com diarreia. Saiba o que pode ser

Não é normal ter um gato com diarreia. Saiba o que pode ser

#gatos
25 agosto 2022

Os gatos são muito higiênicos e escondem as fezes depois de usarem a caixinha. Por isso, muitas vezes, o tutor […]

Continuar lendo

Assine nossa newsletter e receba novidades.