A anemia em cachorro acontece quando o sangue não tem a quantidade de glóbulos vermelhos que deveria, e isso pode ocorrer por diversos fatores. Veja quais são eles e descubra os possíveis sinais clínicos.

cachorro filhote triste

Por que a anemia em cachorro acontece?

Quando a quantidade de glóbulos vermelhos do sangue do pet está abaixo do normal, isso é um caso de anemia em cachorro. Esse sinal clínico pode acontecer devido a diversas doenças, por perda excessiva de sangue e até por problemas nutricionais.

Assim, a manifestação clínica pode ser classificada de acordo com o que causa anemia em cachorro, como, por exemplo:

  • Anemia hemorrágica: quando é decorrente da perda de sangue. Isso pode acontecer quando o animal sofre um trauma, tem úlcera ou qualquer outro problema que leve a sangramento;
  • Anemia hemolítica: quando as hemácias (os glóbulos vermelhos) são destruídas;
  • Anemia aplásica: quando a produção da medula óssea é insuficiente para repor a perda.

Dessa forma, é possível dizer que cachorro com anemia pode ter problemas como:

  • Cortes ou traumas causados por atropelamento ou outro tipo de acidente;
  • Câncer, doenças renais, doenças autoimunes;
  • Úlcera gástrica, intoxicações, envenenamento;
  • Alimentação inadequada;
  • Doença do carrapato, verminose, infestação por parasitas (como pulgas e carrapatos).

Sinais que podem sugerir que o cão está com anemia

As causas são variadas, mas os sintomas de anemia em cachorro podem ser facilmente percebidos pelo tutor. O cansaço e o desânimo estão entre eles, mas não são os únicos. O pet também pode apresentar sinais como:

  • Indisposição, apatia, prostração;
  • Mudança brusca de comportamento (era ativo e fica desanimado);
  • Urina escura ou com sangue;
  • Mucosas hipocoradas (não rosadas, mas mais esbranquiçadas);
  • Queda de pelos;
  • Perda de peso;
  • Dificuldade para respirar;
  • Sangue nas fezes.

anemia em cachorro

Como a anemia em cachorro é tratada?

Caso desconfie que é um caso de anemia em cachorro, você precisa levar o pet ao médico-veterinário. Na clínica, além de fazer o exame físico, o médico-veterinário provavelmente solicitará alguns exames.

Eles servirão para ver se a anemia é muito grave e também para tentar descobrir a origem do problema. Por isso, além do hemograma, é possível que o profissional solicite radiografia, ultrassonografia, entre outros exames complementares.

Com eles, o médico poderá determinar como tratar anemia em cachorro. Afinal, o tratamento dependerá muito da origem do problema. Dentre as possibilidades há:

  • Reforçar a alimentação;
  • Fornecer suplemento alimentar, que serve como remédio para anemia em cachorro;
  • Vermifugar o animal;
  • Realizar o controle de ectoparasitas como pulgas e carrapatos;
  • Fazer a reposição de fluidos;
  • Administrar protetores gástricos, no caso de úlcera;
  • Realizar transfusão sanguínea.

Portanto, além de determinar qual remédio para anemia em cachorro será administrado, o profissional também tratará a origem do problema. Só assim poderá ajudar o pet a se recuperar. Por isso, a medicação administrada acaba variando muito de acordo com o caso.

Como evitar que o cachorrinho tenha anemia?

  • Cuide da alimentação: a má nutrição pode causar anemia em cachorro. Por isso, é de suma importância que você forneça uma dieta balanceada ao seu pet. Para isso, você pode tanto optar por uma ração premium ou superpremium como seguir uma dieta com alimentação natural;
  • Vermifugue: garanta que o seu pet receba o vermífugo nas datas certas, de acordo com o protocolo veterinário;
  • Controle ectoparasitas: mantenha o bichinho longe de pulgas e carrapatos, que podem transmitir doenças, como os microrganismos que causam a doença do carrapato;
  • Faça exames: leve o pet pelo menos uma vez ao ano ao médico-veterinário, para ser examinado e receber todas as vacinas necessárias.

anemia em cachorro

Você não sabe como e quando dar o vermífugo para o seu pet? Veja dicas!